George denuncia ‘acordo nos bastidores’ na renovação do contrato com a PGA e a prefeitura de PG: ‘teve gente que recebeu vantagens’

george 11

“Tem vereador que vai votar por convicção, por convicção de que tem que ajudar o prefeito para ser ajudado”, declarou George de Oliveira – sobre anulação do contrato entre a prefeitura de Ponta Grossa e a PGA.

O vereador George de Oliveira (PMN) concedeu entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins nesta quarta-feira (12) e como sempre deu declarações polêmicas.O verador afirmou que “pessoas obtiveram vantagens” na renovação entre a Ponta Grossa Ambiental (PGA) e a prefeitura, para os serviços de coleta de lixo na cidade. (Ouça a entrevista completa no final do texto)

George confirmou que “vereadores tem acertos com o prefeito Marcelo Rangel” e disse que muitos votam de acordo com o interesse do prefeito para “não perder cargos em comissão indicados por eles” e que possuem também “outros acertos” com o prefeito.

George de Oliveira protocolou um projeto de decreto legislativo pedindo a anulação da renovação do contrato de concessão de coleta seletiva entre o Município e empresa Ponta Grossa Ambiental (PGA). Marcelo Rangel (PSDB) concedeu a concessão para a PGA até 2036 e sem pedir a autorização da Câmara dos Vereadores.

George disse na entrevista que houve um “acordo” nos bastidores que motivou essa renovação e que deu “vantagens para algumas pessoas que tem influência com o prefeito Marcelo Rangel”. Mas George não revelou os nomes dos envolvidos.

“Houve um acordo, teve ex-vereador lá pelos lados da prefeitura, um dinossauro que só quer vantagens. Quando eu conseguir provar tudo isso, vou denunciar”, disse o vereador.

George também falou da relação entre prefeitura e a PGA: “sempre vejo donos da PGA em cafés com a prefeitura, trata-se de imoralidades sem precedentes”.

Para conseguir a aprovação do projeto do decreto legislativo são necessários 16 votos, ou seja, 2/3 dos votos dos 23 vereadores. Questionado se confia no voto dos vereadores, visto que muitos tem cargos no governo de Rangel, entre outros acordos, George entregou os companheiros, mesmo sem dizer os nomes.

“Mesmo os vereadores que tem cargos e amarras com a prefeitura terão que ficar atentos a esse assunto. Terão que ter bom senso, embora esse bom senso faltou em todos estes anos. Agora tem vereador que vai votar por convicção, por convicção de que tem que ajudar o prefeito para ser ajudado”, declarou George de Oliveira.

George foi questionado sobre os cargos que também tinha no governo, quando apoiava o prefeito Marcelo Rangel. “Eu tinha três cargos, um na saúde, outro no administrativo e outro na assistência social, mas depois que rompi com o prefeito, três dias depois, eles saíram e trabalham comigo até hoje”, disse.

De acordo com o vereador, “rolam muitos acordos nos bastidores” e que prejudicam a cidade. “Todo mundo gosta de acertar as coisas nos bastidores, levando vantagem sempre”, denunciou.

Quanto à anulação da renovação com a PGA, George declarou que se houver “acerto” entre vereadores e o prefeito, ele irá denunciar, citando todos os nomes. “Se isso acontecer, eu quero vir aqui e falar de cada um dos votos e dos motivos pelos quais votaram. Se isso acontecer, eu vou denunciar”.

No final da entrevista, o vereador ainda disse que “não tem certeza de que os vereadores terão bom senso na votação deste projeto que é de extrema importância para a cidade: “eu não tenho certeza”.

Ouça a entrevista completa:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s