Ouça o ‘Enquanto Isso’ da semana

No Enquanto Isso dessa semana, o plenário da Câmara Federal aprovou por 366 a 111 votos a PEC 241, que limitará os gastos públicos por até 20 anos. E o deputado Ivan Valente (Psol), denunciou o regabofe que o presidente Michel Temer (PMDB) ofertou aos deputados para negociar a PEC. A declaração causou tumulto na Câmara.

E enquanto isso, no Paraná, professores iniciaram uma nova greve. Na pauta das mobilizações estão o projeto encaminhado pelo governador Beto Richa(PSDB) à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), que poderá comprometer o reajuste da salarial, as progressões e promoções dos servidores públicos do Paraná. Acordos que, segundo a categoria, foram feitos pelo governo, no ano de 2015, para encerrar a greve que durou quase dois meses. E o governador Beto Richa disse “que a greve é sem fundamento e que primeiro o governo vai pagar as progressões e promoções depois o reajuste”.

E enquanto isso, o líder do governo na Alep, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), afirmou que os servidores tiveram um reajuste alto comparado a outros trabalhadores de empresas privadas. E enquanto isso, o líder da oposição, deputado Requião Filho (PMDB), disse que este “será mais calote do governo de Richa”.

E enquanto isso, os ânimos estão bastante tensos nos bastidores das eleições em Ponta Grossa. O clima esquentou depois da madrugada do último sábado (8), quando as as ruas da cidade foram emporcalhadas com materiais apócrifos contra o candidato Aliel Machado (Rede Sustentabilidade). E enquanto isso, a população continua esperando as propostas dos candidatos para a cidade e um debate de ideias entre Marcelo Rangel e Aliel Machado.

Segundo o candidato da Rede, o ideal seria que no período eleitoral fossem discutidas propostas para a cidade. “Nós esperamos ter uma campanha que debata propostas, ideias e que discuta os problemas da cidade, mas eles querem apelar para essa velha política, política suja, de quem gosta de mentir para as pessoas. Os nossos adversários estão desesperados, mas nós não vamos perder a linha, não vamos entrar nesse jogo sujo”, declarou Aliel Machado.

E enquanto isso, Marcelo Rangel destacou que não vai entrar no jogo da provocação. “Não vou baixar o nível e nem deixar de apresentar propostas para responder a ataques sem fundamento”.

Ouça!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s