“No meu governo não tem conversa com quem faz greve”, diz Ratinho Junior

ratinho 1
“No meu governo essa pressão não vai funcionar”, disse o governador do Paraná, Ratinho Jr – sobre a greve dos servidores. (foto: Aen)

O governador do Paraná Ratinho Junior (PSD) endureceu o discurso em relação aos servidores públicos que estão em greve. Em visita à Foz do Iguaçu, nesta quinta-feira (27), o governador atribuiu a greve aos “sindicalistas”. (Ouça a declaração no final do texto)

“É uma greve pequena, nós contabilizamos apenas 4% no Paraná e mais sindicalistas. Essa greve não é contra o governador e sim contra os alunos e pais. No governo do estado não vai ter conversa com quem faz greve. No meu governo essa pressão não vai funcionar”, disse o governador.

Por outro lado, os sindicatos divergem dos números oficiais, apontando que 60% dos servidores do Estado estão de braços cruzados. E segundo a APP-Sindicato, 85% das escolas foram afetadas, total ou parcialmente pela greve.

Sem diálogo, servidores convocaram o que chamam de “grande ato” para a próxima segunda-feira (1º). O ato deve contar com caravanas vindas do interior e com a participação de servidores de 22 sindicatos que integram o FES. O grupo deve se concentrar na Praça Santos Andrade a partir das 9 horas e caminhar até a Palácio Iguaçu, no Centro Cívico, sede do Governo.

Os servidores alegam que enquanto não houver uma proposta do governo sobre o reajuste de 4,94% relativo à inflação dos últimos doze meses, a greve deve prosseguir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s