Oposição e Sindicato entram na Justiça contra votação ‘atropelada’ da PEC da Previdência no Paraná

tadeu 8.jpg
Você não pode atropelar votação para sair de férias no dia 11 é lamentável”, afirmou o deputado Tadeu Veneri. (foto: Valquir Aureliano)

Os deputados da bancada de Oposição da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) entraram com um mandado de Segurança na Justiça contra votação da PEC da Reforma da Previdência.

O líder da Oposição, Tadeu Veneri (PT) disse que a votação foi inconstitucional e que seriam necessárias cinco sessões, entre cada uma das três votações.

“Não se pode antecipar sessões. Acho muito grave que o presidente esteja fazendo isso. É lamentável que a Mesa Diretora desrespeite a constituição. Lamento que a gente que ir para Justiça garantir que a Constituição seja descumprido. Você não pode atropelar votação para sair de férias no dia 11 é lamentável”, afirmou o deputado.

O Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (Sindicontas/PR) também ingressou nesta quarta (4) com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) contra ato do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, Deputado Estadual Ademar Traiano, de ter desrespeitado o rito procedimental para análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 16/2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s