Prova do PSS para professores é transferida para 10 de janeiro

A prova será aplicada no início do ano que vem, em 10 de janeiro. (Foto: AEN)

Depois de protestos dos professores e interferência do Ministério Público, o Governo do Paraná terá que transferir a prova de conhecimento do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação de professores temporários da rede estadual de ensino. Vale destacar que os professores defendem a anulação da prova e não apenas a transferência.

A prova será aplicada no início do ano que vem, em 10 de janeiro. O adiamento da avaliação marcada para o dia 20 deste mês se deve ao momento da pandemia no Paraná. Inicialmente a prova estava marcada para 13 de dezembro.

Para a direção estadual da APP-Sindicato, a não realização da prova PSS no dia 13 demonstra que o posicionamento da entidade estava correto. “Não é possível realizar uma prova presencial em meio a pandemia. Não queremos apenas que a prova seja adiada, queremos a revogação do edital 47 e a realização de concurso público, destaca o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão.

O protocolo de prevenção do Cebraspe, empresa responsável pela organização da prova presencial, teve parecer favorável da Secretaria de Estado da Saúde.

O processo segue com as mesmas regras – apenas a data da prova foi transferida. Os locais de prova nas cidades-sede dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs) serão divulgados em breve. Aproximadamente 40 mil dos 47 mil candidatos tiveram a inscrição deferida para fazer a avaliação.

O edital do processo seletivo prevê a contratação de pelo menos 4 mil profissionais para lecionar nas unidades do Estado em 2021. Na prática, contudo, ao longo do ano que vem essas vagas serão ampliadas, atingindo o mesmo patamar atual, das 20 mil vagas temporárias. Os salários podem chegar a até R$ 3.720.

O Governo do Estado ressalta que serão tomadas todas as medidas de segurança e de higiene para a prova. No dia da avaliação, os locais de teste serão higienizados previamente e terão álcool gel à disposição para manuseio de objetos.

Será obrigatório o uso de máscara e todos os envolvidos vão passar por medição de temperatura na entrada. Os candidatos também receberão orientações para o distanciamento social na chegada e as carteiras terão espaçamento mínimo de 1,5 metro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s