Vacinação contra coronavírus deve começar em 20 de janeiro, segundo o Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a vacinação contra o Covid-19 deve iniciar no dia 20 de janeiro.

Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse a prefeitos que a vacinação contra o coronavírus deve iniciar em todo o Brasil no dia 20 de janeiro.

De acordo com o ministro Pazuello, na próxima segunda chegam 2 milhões de doses da AstraZeneca para estados. Há também 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro.

Inicialmente, o Paraná deve receber 100 mil doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca para início da imunização em janeiro, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Conforme as informações da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), o Paraná vai receber parte das doses que estão sendo importadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) da Índia. Ao todo, o Brasil deve receber 2 milhões de doses nos próximos dias.

Segundo o governo, o Paraná tem 11 milhões de seringas e agulhas para o começo da campanha de vacinação. Outras 16 milhões já foram adquiridas e devem chegar ao estado nos próximos dias.

Além disso, o estado também tem quatro contêineres refrigerados com capacidade para armazenar 100 mil doses, além de 21 câmaras frias e quatro caminhões refrigerados.

O Paraná conta ainda com 1.850 salas de vacinação espalhadas pelos munícipios. A expectativa do governo é que esse os locais de imunização sejam ampliados.

O Governo do Estado informou que os primeiros a receber a vacina serão cerca de 90 mil profissionais da saúde, 10 mil índios que vivem em comunidades isoladas e 10 mil idosos que vivem em asilos e casas de repouso.

Cronograma de vacinação será por grupos:

Primeira fase

  • Trabalhadores da saúde;
  • Idosos a partir dos 75 anos de idade;
  • Pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência, como asilos e instituições psiquiátricas;
  • População indígena.

Segunda fase

  • Pessoas de 60 a 74 anos.

Terceira fase

  • Pessoas com comorbidades, que possuem doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras.

Boletim de casos de coronavírus no Paraná:

O Paraná tem 488.801 casos confirmados e 8.902 mortes provocadas pela Covid-19, de acordo com boletim da Sesa desta quinta-feira (14). O levantamento apontou mais 5.796 diagnósticos e 78 óbitos.

O estado registra ainda 120.476 casos ativos e 359.423 pessoas recuperadas da doença. Além disso, 2.655 pacientes estão internados com suspeita ou diagnóstico de Covid-19.

A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para adultos reservados para tratamento da Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS) está em 81%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s