Aos gritos de “fora pedágio”, Ratinho Jr é vaiado em Cascavel

Manifestantes pediram o fim da roubalheira dos pedágios no Paraná. (Foto: AEN)

O governador Ratinho Junior (PSD) foi recebido com vaias em Cascavel, no Oeste do Paraná, nesta quinta-feira (4). Manifestantes pediram o fim da roubalheira do pedágio no estado. (Veja o vídeo no final do texto)

Ratinho Jr  esteve em Cascavel para acompanhar a inauguração do Centro Nacional de Treinamento de Atletismo. O evento com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

As vaias começaram no momento em que o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), tentava “bajular” o governador do Paraná. Mas Paranhos chegou a ser interrompido pelas vaias e os gritos de “fora pedágio”.

As manifestações ocorreram porque Ratinho Jr e o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex (PSD), estão defendendo um modelo de licitação que vai tornar o pedágio do estado ainda mais caro.

Os atuais contratos de pedágios do Paraná encerram no dia 24 de novembro de 2021. O pedágio do estado é referência nacional e mundial pelos preços abusivos. Firmadas em 1997, as concessões de pedágio mostraram um esquema de corrupção, que enriqueceu os donos das seis concessionárias que atuam no estado.

O esquema contou coma participação de políticos, empresários e servidores do Governo do Paraná. Dez pessoas já foram condenadas nesta pela Justiça Federal. (veja quem são os condenados: Justiça Federal condena 10 pessoas por corrupção nos pedágios | Mareli Martins

O Ministério dos Transportes entregou à bancada federal do Paraná a proposta de modelo das novas concessões do pedágio no Estado, que devem ocorrer até o final do ano. O modelo híbrido defendido pelo Governo Federal, sem questionamento do Governo Estadual, prevê a cobrança de outorga para a próxima concessão. Dessa forma, as tarifas podem ficar ainda mais caras.

A taxa de outorga nada mais é que um imposto novo que se cria, que vai elevar entre 30% e 40% o valor das tarifas de pedágio. No documento entregue aos deputados, o primeiro critério da licitação é o desconto nas tarifas. Esse desconto está fixado entre 15% a 17%, a depender do lote. Além disso, serão criadas novas praças  de pedágio, chegando a 42, o que vai gerar mais tarifas para a população do Paraná.

Os contratos atuais são de uma concessão com duração de 20 anos, encerram em novembro de 2021. O modelo proposto para a próxima licitação é de 30 anos.

Veja alguns dos pontos prejudiciais ao Paraná

  • Governos Estadual e Federal vão permitir a participação de empresas que não concluíram nem mesmo as obras dos atuais contratos. Vale lembrar que as seis concessionárias de pedágio do Paraná admitiram que cometeram corrupção durante o contrato. A atual concessão encerra-se em novembro deste ano, porém várias obras previstas não foram entregues e aparecem na nova proposta.
  • Concessão do novo modelo será de 30 anos (tempo maior que os atuais contratos que são de 20 anos)
  • Modelo de concessão não é pela menor tarifa. É um modelo híbrido e com cobrança de outorga.
  • A diminuição no valor das tarifas de pedágio será muito pequena e o modelo prevê aumento nas tarifas em 40%, após conclusão de trechos das obras.
  • Aumento de 27 para 42 praças de pedágio.

Embora o “esquemão” dos pedágios já esteja definido, o governo tenta mascarar a situação realizando audiências públicas em algumas cidade do Paraná.

Veja o momento em que Ratinho Jr é vaiado em Cascavel:

um comentário

  • Marcos Roberto Cavalari

    Um absurdo os preços do pedágio, diminuir os valores, conceção somente de quinze anos, já é suficiente. E sem aumentar mais praças de pedágio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s