Justiça autoriza aumento de 7,6% nas tarifas de pedágio da Ecocataratas

A decisão suspende os efeitos da resolução da Agência Reguladora do Paraná e permite o prosseguimento do reajuste previsto para dezembro de 2020. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A concessionária Ecocataras anunciou que as tarifas de pedágio nas cinco praças que administra ao longo da BR-277 terão aumento de preço a partir da meia-noite de quarta-feira (14).

O reajuste aplicado será de 7,6%, em todas as praças de pedágio administradas pela empresa, que ficam entre Foz do Iguaçu, no oeste do estado, e Guarapuava.

O aumento foi autorizado pelo juiz Sérgio Renato Tejada Garcia, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

A decisão suspende os efeitos da resolução da Agência Reguladora do Paraná e permite o prosseguimento do reajuste previsto para dezembro de 2020.

No pedido feito à Justiça Federal, a concessionária justificou que as tarifas são a principal fonte de receita da empresa e, como o contrato de concessão termina em novembro de 2021, eventuais compensações não poderiam ser efetuadas em exercícios posteriores.

A empresa afirma que a ausência do reajuste geraria uma dívida superior a R$130 milhões a ser paga pela concessionária.

Agepar informou que vai recorrer

A Agepar informou que suspendeu os reajustes das tarifas dos pedágios da concessionária Ecocataratas em novembro de 2020 para compensar erros de cálculo em reajustes realizados em 2016 e 2017.

A Agência não concordou com a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região e disse que vai recorrer.

Veja como ficam os preços:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s