ACIPG visa ampliar eficiência de gestão

Presidente da ACIPG, Douglas Fachin Taques Fonseca, pretende ampliar pontuação em programa de avaliação de gestão. (Foto: ACIPG)

Após obter uma pontuação próxima da máxima na qualificação de gestão em 2020, a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) visa aumentar ainda mais os níveis de eficiência de sua gestão neste ano.

A meta de melhorar seus índices de eficácia se baseiam no Programa de Certificação de Gestão (PCGF) das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (FACIAP), que no ano passado concedeu à ACIPG classificação máxima, em que obteve a certificação ‘ouro’, cumprindo quase a totalidade metas estabelecidas pelo programa.

O objetivo da ACIPG agora é ampliar ainda mais este desempenho, fazendo com que a instituição aperfeiçoe suas ferramentas de gestão e atinja notas mais altas na avaliação da FACIAP. O presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa, Douglas Fanchin Taques Fonseca ressalta que estas metas estão sendo buscados, mesmo diante de dificuldades impostas em 2020, e que a ACIPG vem aperfeiçoando sua gestão ao longo dos anos. “Mesmo diante de uma pandemia que impôs muitas dificuldades, a ACIPG obteve uma nota muito próxima da máxima, e este ano pretendemos melhorar ainda mais nossa avaliação. O objetivo é aperfeiçoar o planejamento estratégico e chegar ao fim do ano com uma pontuação ainda maior do que a de 2020, quem sabe com a nota máxima”, afirma o presidente.

No ano passado, na avaliação feita pela FACIAP, a associação ponta-grossense obteve a pontuação máxima em quase todos os itens avaliados pelo PCGF. Dos sete aspectos analisados no programa, em três a ACIPG obteve nota máxima, e em outros três ficou a apenas um ponto de atingir o máximo da avaliação. No programa da FACIAP é verificado o desempenho das entidades, o cumprimento de metas e execuções de projetos, avaliando pilares estratégicos do sistema associativista: pessoas; processos internos; finanças; clientes; cultura associativista; desenvolvimento local; benéficos ofertados aos associados.

Em 2020 a ACIPG atingiu a pontuação histórica de 297 pontos de um máximo de 300 nas metas estabelecidas pelo PCGF, realizando ações como elaboração de plano de desenvolvimento dos conselhos, execução de cronograma, transparência financeira, pesquisa com clientes a fim de desenvolver ações que atendam associados, atualização do controle de gestão, rodada de negócios, PDE (câmara de desenvolvimento em bairros, núcleos multissetoriais), entre outras.

Em alguns itens avaliados pela FACIAP a ACIPG obteve avanços significativos na pontuação do programa, como no aspecto “Desenvolvimento Local”, por exemplo, em que a ACIPG saltou de uma avaliação de 38 pontos em 2019 para 57 pontos de 60 possíveis. Já no item “Clientes” a ACIPG saiu de uma nota de 26 pontos em 2019 para 40 pontos no ano seguinte. “A FACIAP possui um método muito claro e exigente em seu programa, estabelecendo diversas metas para definir essa pontuação, e cabe a nós buscar nos aperfeiçoar e melhorar ainda mais nosso desempenho”, finaliza Douglas Fachin Taques Fonseca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s