Vereadores pedem cassação de Felipe Passos (PSDB-PG): vereador foi acusado de cometer rachadinha e assédio sexual

Se o pedido for aceito, haverá abertura de uma Comissão Parlamentar Processante (CPP) para investigar as denúncias sobre Felipe Passos. (Foto: PMPG)

Os vereadores Geraldo Stocco (PSB) e Josiane Kieras (PSOL) apresentaram nesta segunda-feira (31) o pedido de abertura de processo de cassação do vereador Felipe Passos (PSDB). Também houve o mesmo pedido por parte do presidente do PSDB de Ponta Grossa, o ex-prefeito Marcelo Rangel.

O vereador é a acuso de ter cometidos crimes de rachadinha e assédio sexual e teve R$ 50 mil bloqueados pelo Ministério Público na última quinta-feira (27).

O pedido dos vereadores foi lido pelo presidente da Câmara dos Vereadores, Daniel Milla (PSD), nesta segunda-feira (31), mas ainda será analisado pelos vereradores.

Na sessão de quarta-feira (2) os vereadores vão votar se acatam a denúncia e se uma comissão parlamentar de inquérito (CPP) será instaurada para apurar a denúncia. 

Se o pedido for aceito, haverá abertura de uma Comissão Parlamentar Processante (CPP) para investigar as denúncias sobre Felipe Passos.

A juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública de Ponta Grossa, Luciana Virmond Cesar, determinou o bloqueio de R$ 50 mil do vereador Felipe Ramon dos Passos (PSDB) em ação proposta pelo Ministério Público que investiga improbidade administrativa. Passos foi denunciado pelo ex-chefe do seu gabinete na Câmara de Ponta Grossa. Felipe Reis acusou Felipe Passos pelos crimes de rachadinha e assédio sexual.

Ainda conforme as informações do Ministério Público, os ex-assessores de Felipe Passos disseram que “ele utilizou do cargo para obter vantagens indevidas”. E afirmaram também que “foram obrigados a trabalhar na campanha eleitoral, sem receber contraprestação ou registro”.

Durante a sessão desta segunda-feira (31), Felipe Passos disse que várias denúncias falsas já envolveram vereadores.

“Quantas denúncia já recebemos nesta Casa de Leis e vemos, no final, que são falsas. Em certas situação, é feito aproveitamento e pré-julgamentos. Ainda tenho tempo de me defender, perante à Justiça. A Justiça não me condenou”, comentou sobre a solicitação dos vereadores”, disse o vereador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s