Deputados do Paraná aprovam criação de mais 542 cargos comissionados

Os novos comissionados devem custar em torno de R$ 101 milhões por ano para a população do Paraná. (Dálie Felberg/Alep)

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou nesta segunda-feira (2), em duas votações, os cinco projetos para a criação de mais 542 cargos em comissão no Paraná. Comissionados são cargos por indicação, normalmente política, ou seja, sem realização de concurso público. Os novos comissionados devem custar em torno de R$ 101 milhões por ano para a população do Paraná.

Os 542 novos cargos comissionados serão para a Alep, Tribunal de Justiça (TJ-PR) e Ministério Público (MP-PR).

Para a criação de cargos na Alep foram 31 votos favoráveis e 15 contrários e oito deputados não votaram. Para o Tribunal de Justiça foram 32 votos favoráveis e 14  contrários e oito parlamentares não votaram. E para o Ministério Público 29 favoráveis, 17 contrários e oito parlamentares não votaram. (Veja a relação dos votos no final do texto)

Serão 121 cargos para a Alep, com salários de R$ 8 mil a R$ 18 mil por mês, totalizando um impacto de R$ 30 mil por ano.

No Ministério Público, a previsão é de criação de 261 cargos, com impacto também de R$ 30 milhões anuais.

O Tribunal de Justiça terá a criação de 60 cargos de assessoramento para juízes de direito substitutos de segundo grau e 21 cargos para o assessoramento de magistrados de primeiro grau com impacto de R$ 5,87 milhões por ano.

Outro projeto prevê criação de 46 cargos na área de Tecnologia da Informação do Tribunal. Em ambos os casos, a informação é de que os recursos estão previstos no Orçamento.

Veja como votaram os deputados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s