Deputado Romanelli chama Pauliki de “oportunista” e “caroneiro”

13a

– Já o deputado Marcio Pauliki (PDT), disse que sua aproximação técnica com o governo, está incomodando o líder do governo –

 Os ânimos se exaltaram na sessão da Assembleia Legislativa (Alep), desta terça-feira (30), por conta de um discurso feito pelo deputado Marcio Pauliki (PDT). Pauliki relatou, na tribuna, que teria feito contato e também um requerimento ao Governo do Estado, para que o Hospital Universitário Regional Dos Campos Gerais fosse contemplado com mais leitos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal.

 “Tivemos um caso recente de uma recém-nascida que correu o risco de morrer e foi transferida às pressas de Ponta Grossa para Campo Largo. Quando fiquei sabendo do que aconteceu com a recém-nascida fui à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), entrei em contato com o secretário de Saúde, Michele Caputo Neto, e cobrei o atendimento a um pedido que fiz no dia vinte e dois de maio. Há trinta dias, fiz o requerimento de mais cinco UTIs neonatal para o Hospital Regional, com base em um estudo técnico que apontou a necessidade de ampliação desse atendimento. Por isso, Ponta Grossa receberá mais cinco leitos para a UTI Neonatal”, afirmou o deputado estadual Marcio Pauliki.

O discurso de Pauliki revoltou alguns deputados da base governista e em especial o líder do governo de Beto Richa, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), que chamou Pauliki de “oportunista” e “caroneiro”. “Esta é uma conquista de uma ação do governo, do secretário de Saúde Michele Caputo Netto, do secretário de Ciência e Tecnologia, João Carlos Gomes, do deputado da região dos Campos Gerais que representa o governo Plauto Miró e do prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, que também lutou por isso. O deputado Marcio Pauliki está pegando carona nisso, sendo extremamente oportunista. Não dá pra fazer política com este assunto”, disse Romanelli.  

O líder do governo disse que Marcio Pauliki precisa assumir o lado que está. “Ele é oposição, ele vota com os deputados de oposição. Esta conversa de bancada independente não existe. Pauliki precisa assumir se prefere preto ou branco, não existe cinza na política”, apontou o deputado Luiz Cláudio Romanelli.

Sobre o posicionamento na Alep, Marcio Pauliki, afirma que segue com a ‘Bancada Independente. “Não sou oposição e nem situação, apenas tenho uma proximidade técnica com o governo, mas não política. Eu faço parte do grupo independente, que vota a favor da população e não dos interesses do governo”, esclareceu. Pauliki também respondeu as críticas de Romanelli: “o líder do governo não precisa ficar incomodado comigo, por que esta minha aproximação técnica com as secretarias vai permanecer em defesa da população”, rebateu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s