Rangel e mais três políticos do PPS terão que devolver R$ 11,3 milhões à Alep por irregularidades

rangel oficial
Ação do MP envolve o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, além de Rubens Bueno, Cesar Silvestri Filho, Douglas Fabrício e o diretório estadual do PPS. Imagem: Diário dos Campos

 

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, o presidente do PPS no Paraná, deputado federal Rubens Bueno, o deputado estadual licenciado e atualmente secretário de Esportes e Turismo do Paraná, Douglas Fabrício e o ex-deputado estadual e prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, terão que devolver aproximadamente R$ 11,3 milhões à Assembleia Legislativa do Paraná, de acordo com a ação do Ministério Público do Paraná (MP). O MP ofereceu à Justiça uma ação civil pública por improbidade administrativa aos envolvidos.

Segundo a matéria publicada nesta terça-feira (1º), no Jornal Gazeta do Povo, funcionários comissionados dos gabinetes dos parlamentares e da liderança do PPS na Alep, prestaram serviços ao diretório local do partido. Ou seja, receberam dinheiro público para trabalhar pelo diretório do partido, o que caracteriza improbidade administrativa. O MP pede, na ação, a devolução de R$ 11,3 milhões, que devem voltar aos cofres públicos, além da perda da função pública e suspensão dos direitos políticos dos envolvidos.

A ação foi oferecida à Justiça no último dia 5 de novembro pela promotora Danielle Gonçalves Thomé, da Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público do MP. O caso tramita na 5.ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, sob responsabilidade da juíza Patrícia de Almeida Gomes Bergonse. Conforme despacho do dia 9, a magistrada determinou a notificação dos citados na ação para que se manifestassem por meio de documentos e justificativas. Também notificou o estado do Paraná como terceiro interessado no caso.

Com informações do jornalista Euclides Lucas Garcia, do Jornal Gazeta do Povo

Veja os valores desviados e quanto cada político terá que devolver:

dividas rangel
fonte: Ministério Público do Paraná

Um comentário

  1. ja não basta o absurdo que é cobrado o valor do pedagio no parana , ta longe de se igualar com os preços dos pedagios de santa catarina , será que os politicos estão cegos que não verem essa diferença absurda ou somos nós os culpados de eleger pessoas sem interesse algum pelo bem do povo paranaense

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s