Otto Cunha confirma pré-candidatura a prefeito de PG

otto
Otto Cunha é provedor do Hospital Santa Casa de Misericórdia e foi prefeito de Ponta Grossa entre os anos de 1983 a 1988.

Em entrevista concedida à Rádio T FM nesta terça-feira (12), o ex-prefeito de Ponta Grossa, Otto Cunha, confirmou que pretende concorrer ao cargo de prefeito nas eleições deste ano. Atualmente, Otto é provedor do Hospital Santa Casa de Misericórdia e foi prefeito do município entre os anos de 1983 a 1988. No final de 2015, Otto Cunha se filiou ao PMDB e demonstra vontade de voltar a ser prefeito.

“Fiz a minha filiação, no início, não necessariamente para concorrer ao cargo de prefeito, mas certamente para participar efetivamente da campanha eleitoral deste ano. Mas coloco meu nome à disposição do partido para disputar a prefeitura. Tenho muita vontade de ser prefeito novamente”, declarou. O presidente local do PMDB, Carlos Demário, afirmou que a meta do partido é lançar o maior número de candidatura abrangendo as 399 cidades do Paraná. “Além do Otto que já confirmou seu nome como pré-candidato, temos também a disposição do partido o Edilson Fogaça, que também possui intenção de concorrer. O senador Requião já determinou aos diretórios a intenção de lançar o maior número possível de candidaturas”, destacou.

Diretório Estadual desconhece articulações locais

O Diretório Estadual do PMDB, que tem como presidente o senador Roberto Requião, não confirmou nenhum destes nomes e nem mesmo que houve alguma conversa para o lançamento da candidatura de Otto Cunha ou de Edilson Fogaça. Nos bastidores da política local também circulou a informação de que Otto Cunha teria se filiado ao PMDB, com obejtivo de apoiar a reeleição de Marcelo Rangel. No entanto, o senador e presidente do PMDB, Roberto Requião tem um posicionamento bastante firme sobre isso quando afirma que “não existe possibilidade do PMDB apoiar o atual prefeito Marcelo Rangel”. Em entrevista à Rádio T, em novembro de 2015, o deputado estadual Requião Fillho, ironizou as chances de apoio a Rangel. “Dizer que o PMDB vai apoiar o Marcelo é como acreditar em coelho da páscoa e papai noel”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s