vídeo “Promessa do Contorno Norte de PG é balela”, diz deputado Ademir Bier

DEPUTADOS CONTORNO
“Existem muitas brigas por espaço, mas em obras importantes é preciso união das lideranças estaduais, federais. No varejo, como falamos, pode ser feito atendimento individual, mas em grandes obras é preciso união”, disse o deputado Ademir Bier (PMDB).

Em entrevista concedida à Rádio T FM e ao Blog da Mareli Martins nesta segunda-feira (28), o deputado estadual Ademir Bier (PMDB) entregou os deputados ponta-grossenses em relação às promessas da famosa obra do Contorno Norte. Ademir Bier disse que a afirmação dos deputados locais de que a obra vai sair é “balela”. A reposta comum dos deputados de Ponta Grossa é de que “reuniões foram feitas no Ministério do Transporte, em Brasília” e também em “Ponta Grossa, em agosto de 2015, com o Secretário de Gestão dos Programas de Transportes, Luciano de Souza Castro”. Segundo os deputados estaduais Marcio Pauliki (PDT), Péricles Mello (PT), Plauto Miró (DEM) e os federais Sandro Alex (Sem Partido) e Aliel Machado (Rede Sustentabilidade), “a obra está bem encaminhada”. Mas segundo o deputado Ademir Bier, tudo não passa de lábia, conversa e “balela”.

“Fizeram reuniões prometendo obras de R$ 500 milhões para Ponta Grossa, como o Contorno Norte, mas é tudo balela. Só vão prometer e não vão fazer”, afirmou o deputado Ademir Bier. O deputado comanda nesta segunda-feira (28) uma audiência pública, na Assembleia Legislativa do Paraná, a respeito das renovações de pedágios e a cobrança dos eixos suspensos de caminhões vazios (lei aprovada em Brasília, pelo deputado Sandro Alex). Para Ademir Bier as concessionárias precisam cumprir o que está no contrato. “As concessionárias precisam cumprir e realizar as obras já previstas em contratos. Agora o que estão fazendo é tentar condicionar novas obras para renovarem os contratos, como essa obra do Contorno em Ponta Grossa”. destacou.

“União de forças políticas é importante para conquista de obras”

O deputado estadual Ademir Bier destacou a conquista da duplicação entre Marechal Cândido Rondon e Toledo (BR-163), que custou em torno de R$ 140 milhões e os investimentos foram do Governo Federal. De acordo com ele, a união das forças políticas e populares é fundamental para a conquista de obras. “Nós conseguimos esta obra com recursos do governo federal, com viadutos, uma obra fantástica. Esta obra foi fruto de uma luta em conjunto, da união das lideranças políticas, das associações comerciais e populares. Acho que as lideranças de Ponta Grossa devem se unir também e brigar por essa obra. Existem muitas brigas por espaço, mas em obras importantes é preciso união, das lideranças estaduais, federais. O governo federal possui recursos para realização de obras. No varejo, como falamos, pode ser feito atendimento individual, mas em grandes obras é preciso união”, concluiu o deputado.

Ouça a entrevista!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s