vídeo Apoio de Rangel a Dilma em 2014 e saída de Sandro Alex causa fechamento do diretório do PPS em PG

rubinho 2
“O diretório municipal do PPS em Ponta Grossa já está dissolvido”, disse o deputado federal e presidente do PPS-PR, Rubens Bueno.

O deputado federal e presidente do PPS no Paraná, Rubens Bueno foi categórico nesta quinta-feira (7), ao afirmar à Rádio T FM e ao Blog da Mareli Martins,que o Diretório do PPS em Ponta Grossa foi dissolvido. Segundo o deputado o diretório há muito tempo estava distante das discussões defendidas pelo partido e não apresentava participação efetiva nas lutas do PPS. Mas o deputado destacou que os dois principais motivos para o encerramento do diretório local foi a saída do deputado federal Sandro Alex, que será o novo presidente estadual do PSD e a atitude do prefeito Marcelo Rangel que declarou apoio à presidente Dilma Rousseff (PT), em 2014. Como o PPS é oposição ao governo federal, Rubens Bueno disse que esta decisão de Rangel “causou constrangimento ao partido”. Atualmente, Marcelo Rangel é contra o governo de Dilma Rousseff (PT). E Sandro Alex também atua a favor do impeachment da presidente.

” O diretório municipal do PPS em Ponta Grossa já está dissolvido, foi uma decisão do diretório estadual. Nós ouvimos a coordenação eleitoral e depois a executiva estadual foi autorizada a fazer a dissolução do diretório. Fizemos isso depois de ouvir vários companheiros de partido, inclusive o prefeito de Ponta Grossa”, declarou Rubens Bueno.

Entre os motivos para o encerramento das atividades do diretório, Bueno destacou que já não havia uma participação efetiva e o distanciamento se tornou evidente. Mas os pontos principais foram a saída do deputado Sandro Alex, que vai assumir a presidência do PSD no Paraná e o apoio declarado de Marcelo Rangel a Dilma Rousseff, em 2014. “Tivemos muitas razões. Não é de hoje que o partido em Ponta Grossa não existe do ponto de vista orgânico. O partido não se reúne, não debate, não apresenta ideias. Vivemos uma crise em nosso país e o prefeito Marcelo Rangel, em 2014, declarou apoio a presidente Dilma. Isso nos trouxe um ambiente constrangedor para um partido que é oposição ao governo federal”, apontou.

Rubens Bueno também fez críticas à saída do deputado federal Sandro Alex do PPS e afirmou que o partido sempre garantiu total apoio aos irmãos. “O partido sempre deu o maior apoio para eles, regionalizamos a propaganda partidária para dar respaldo a a eles. É evidente que quando você percebe o deputado saindo para assumir a presidência de outro partido, percebemos que tem algo errado. Então basta ser de outro partido, para ir a outro e assumir a presidência, sem nenhum histórico, isso não é razoável”.

O outro lado:

Em entrevista concedida à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins, na última segunda-feira (4), o deputado Sandro Alex garantiu a continuidade do diretório em Ponta Grossa, por meio da interferência do presidente nacional do PPS, Roberto Freire.  “O PPS vai continuar com o diretório em Ponta Grossa, pois possui prefeito e chapa. Não mudou nada. O presidente nacional do partido, Roberto Freire, confirmou que o diretório vai continuar”, disse Sandro Alex.

Ouça a entrevista com o deputado federal Rubens Bueno (PPS):

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s