Presidente do PPS de PG afirma que vai brigar na Justiça pelo diretório

cunha blog
“Estamos sendo tratados assim devido a saída do Sandro. Se eles tem problemas que resolvam entre eles. Sofro de bala perdida. Estou no meu canto, eles brigam lá do outro lado e a bala atinge a minha pessoa”, disse Leopoldo Cunha, sobre as declarações do deputado federal Rubens Bueno.

O presidente do Diretório Municipal do PPS de Ponta Grossa, Leopoldo Cunha, rebateu as declarações do presidente estadual do PPS, deputado federal Rubens Bueno. O deputado afirmou à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins, na quinta-feira (7), que determinou o encerramento do diretório local do PPS. Por outro lado, Leopoldo Cunha, disse que não recebeu nenhum comunicado oficial do Diretório Estadual ou do Tribunal Regional Eleitoral e que, por isso, segue como presidente do Diretório Municipal.

“Em nenhum momento fui chamado para discutir isso com o diretório estadual. Não fui comunicado pelo partido ou pelo TRE sobre essa decisão em relação ao diretório local. Eu vou continuar como presidente do diretório até 2017”, disse Leopoldo Cunha.

Cunha também rebateu as declarações de Rubens Bueno de que o PPS de Ponta Grossa se distanciou das discussões do partido. “Nós estamos cumprindo com o nosso trabalho. O PPS de Ponta Grossa elegeu vereadores, elegeu o prefeito e elegeu deputados, mas o reconhecimento só houve na hora boa. Estamos sendo tratados assim por que o deputado Sandro Alex optou por mudar de partido”, lamentou.

O presidente do PPS-PG também afirmou que a forma como Rubens Bueno está agindo não é nada democrática. “Muitos presidentes já passaram pelo PPS em Ponta Grossa, hoje sou eu. Mas eu sempre trabalhei e trabalho de forma democrática. Mas parece que o diretório estadual tem dono e do meu ponto de vista deveria ser diferente. Defendo um trabalho com democracia”.

Para Leopoldo Cunha, Rubens Bueno está magoado pela desfiliação de Sandro Alex do PPS. O deputado será o presidente estadual do PSD. “Estamos sendo tratados assim devido saída do Sandro. Se eles tem problemas que resolvam entre eles. Sofro de bala perdida. Estou no meu canto, eles brigam lá do outro lado e a bala atinge a minha pessoa”, disparou.

Como fica a situação do prefeito Marcelo Rangel?

Segundo o presidente do PPS-PG, Leopoldo Cunha, o prefeito Marcelo Rangel e o vereador Rogério Mioduski devem continuar na legenda. “O prefeito, assim como, o Mioduski vão continuar no PPS. Existe um fato que assegura a participação do prefeito e do vereador, pois na convenção quem já possui mandato, tem garantia. Estou disposto a ir até o fim desta história. Se precisar, vamos à Justiça pelo PPS”, declarou.

Nos bastidores da política circula a informação de que o prefeito já tentou se filiar ao PSDB, partido do governador Beto Richa e também o PP. Mas o PP teria pedido também a filiação de Sandro Alex.

Embora, Leopoldo Cunha tenha afirmado que “o prefeito Marcelo Rangel é pré-candidato pelo PPS”, Rubens Bueno destacou que “o partido vai definir as candidaturas durante a próxima convenção, que vai ocorrer no mês de julho”.

Ouça a entrevista completa:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s