vídeo Aliel Machado não cede à pressão e vota contra o relatório do impeachment

aliel
“O PT errou muito e precisa pagar pelos seus erros, como está pagando com todas as prisões. Mas o PMDB e o PT estiveram juntos desde o início”, disse Aliel Machado (Rede Sustentabilidade)

O deputado federal Aliel Machado (Rede Sustentabilidade) não cedeu às pressões políticas e partidárias e votou contra o relatório do impeachment.  A votação ocorreu nesta segunda-feira (11).  O deputado disse que estava com muitas dúvidas e destacou que não poderia votar a favor do impeachment e, desta forma, aprovar um projeto desconhecido para o país. O deputado defende o posicionamento da Rede de que a chapa toda deveria ser cassada e não apenas a presidente Dilma Rousseff (PT), visto que o PMDB e o PT andam juntos.

“Eu não negocio meu voto e não aceito o cargo.  Eu espero que que se comprovadas as irregularidades, este governo pague e a chapa toda seja cassada. Acho que o PT errou muito e precisa pagar pelo que fez, como está pagando com todas as prisões. Mas eu não posso eleger um novo programa para meu país, sendo que é um programa que quem vai pagar o pato é a Fiesp”, declarou.

Aliel Machado falou sobre as pressões que está sofrendo. “Eu passei muitos dias com dúvidas e pressões, blogs e internet. E seu eu ficasse atendendo essas mensagens de que não se elege, eu votaria por conveniência”, disse.

O posicionamento do deputado Aliel Machado está causando grande repercussão na internet. Mas o deputado disse durante seu discurso, em Brasília, que não tem medo de pressões. “Eu pago pelo meu voto, quando sei que estou com a razão no meu coração. E vou votar não a este processo”.

Ouça o discurso completo do deputado Aliel Machado:

 

Anúncios

4 comentários

  1. Ainda é tempo de mudar seu voto no dia 15/4. Não se de ceder ou não a pressão; o que está em jogo é a conivência com a corrupção

    Curtir

  2. Nem todo mundo é boi-zumbi para simplesmente seguir a manada. Ele tem direito a divergir, assim como muitos juristas divergem sobre a legalidade do impeachment (Juízes pela Democracia, Pr0omotores de Justiça e Advogados que discordam da OAB). Fora da lei não há salvação.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s