Propaganda “eleitoreira” de Rangel gera revolta nas redes sociais

rangel-oficial
Nas redes sociais, população questiona propaganda feita pela prefeitura de Ponta Grossa.

Embora a crise seja um discurso frequente do prefeito Marcelo Rangel (PPS), ao tentar justificar o “que não deu pra fazer”, quando o assunto é propaganda do governo, parece que não há problemas de ordem financeira. Nesta semana, a população de Ponta Grossa foi surpreendida com ligações publicitárias com mensagens pedindo para que as pessoas assistissem ao programa ‘Fantástico’, da Rede Globo de TV, no último domingo (19). Por conta da proximidade do período eleitoral, muitos já imaginavam do que se tratava. E estavam certos.

Durante os intervalos, o governo de Marcelo Rangel lançou publicidade  com a mensagem de que a “prefeitura faz” e a “prefeitura faz mais”. Esta propaganda foi veiculada em diferentes meios de comunicação. O governo destacou investimentos em pavimentação, segurança pública, saúde. Imediatamente, a divulgação gerou inúmeros comentários nas redes sociais e nas páginas da prefeitura. A população fez cobranças principalmente sobre as “promessas de campanha”. De forma “misteriosa” estes comentários tem desaparecido das redes sociais.

O governo municipal destacou a Unidade de Atendimento do Santa Paula (UPA), mas os médicos e demais funcionários enfrentam sérias dificuldades em relação ao pagamento de seus salários. Médicos já chegaram a falar em paralisação. Sobre pavimentação, o próprio prefeito Marcelo Rangel, em entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins, no dia 15 de fevereiro de 2016, admitiu que sua promessa de asfaltar mais de 4 mil quadras não será cumprida. É preciso saber o que realmente foi feito nesta área de pavimentação.

Quando o assunto é segurança pública, não tem como cobrar apenas do município, sendo um serviço de responsabilidade do Governo do Estado. Mas cabe lembrar que, durante a campanha de 2012, Rangel e o governador Beto Richa (PSDB) percorreram a cidade “garantindo que a segurança pública iria melhorar”.

Rapidamente comentários se espalharam pelas redes sociais. “Faz mais promessas para a eleição” (Jumari do Rossio Oliveira Viana). “Parece piada.” (Adriano Sampaio). “Vamos aguardar o Jardim Botânico. Aguardem que virá” (Marcus Hauser). “Falta segurança” (Wesley Mariano). “Faz mais o que?” (Luis Carlos Loezer). Não bastasse tudo isso, os símbolos utilizados pelo governo, para dizer que “Ponta Grossa faz mais (+), viraram deboche para muita gente, por que lembram a imagem de uma cruz. “Parabéns para quem criou, é o sinal do enterro desta gestão”, disse Celso Parobocz. “Só de ver essas cruzes, imagino que seja cemitério, nossa casa, nossa vida”, escreveu Solange Mika.

Embora o período eleitoral ainda não tenha começado oficialmente, nos bastidores, a campanha política já é declarada. Cabe ao eleitor muita atenção às divulgações que começam a surgir por aí, seja de qualquer político. Pois como diria o personagem de Odorico Paraguaçu, na obra ‘O bem amado’, “Vamos botar de lado os entretantos e partir logo pros finalmente”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s