Conheça os candidatos à prefeitura de PG

candidatos
Cinco candidatos estão na disputa pela prefeitura de Ponta Grossa: Marcelo Rangel (PPS), Julio Küller (PMB), Professor Gadini (Psol), Aliel Machado (Rede) e Leandro Soares (PPL).

A campanha eleitoral começou a valer na última terça-feira (16), mas segue com movimentação ainda calma em Ponta Grossa. O município terá cinco candidatos à prefeitura e 492 concorrentes à Câmara dos Vereadores.

Na majoritária estão na disputa o vereador e ex-secretário de Assistência Social da última gestão, Julio Küller (PMB), o deputado federal Aliel Machado (Rede Sustentabilidade), o professor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Professor Gadini (Psol), o acadêmico Leandro Soares (PPL) e o atual prefeito Marcelo Rangel (PPS).

Conheça um pouco da história de cada candidato:

Aliel Machado (Rede Sustentabilidade)

aliel m

Aliel Machado tem 27 anos e começou a atuar em movimentos estudantis, desde os 15 anos. Foi presidente do grêmio estudantil do Colégio Estadual Presidente Kennedy e presidente da União Municipal dos Estudantes de Ponta Grossa.

Foi eleito vereador pelo PCdoB, em Ponta Grossa, em 2012, quando conquistou 3.731 votos. E também foi escolhido para a presidência da Câmara Municipal, sendo o mais jovem a ocupar o cargo até hoje.

Em 2014, foi eleito deputado federal, conquistando 82.886, sendo que 62 mil votos foram apenas em Ponta Grossa. Com isso, Aliel Machado se tornou o deputado federal mais votado na história em Ponta Grossa. Aliel Machado também cursou pedagogia da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

O auditor fiscal José Elizeu Chociai do Partido Trabalhista Nacional (PTN) vai compor a chapa como candidato a vice-prefeito. A coligação terá além da Rede e do PTN, outros cinco partidos coligados: PTC, PTdoB, PT, PMDB e PR

Marcelo Rangel (PPS)

MARCELO RANGEL

Aos 45 anos de idade, Marcelo Rangel é radialista, empresário e possui formação em Direito, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Na política, foi deputado estadual de 2006 a 2010, eleito com 51.868 votos. Em 2010 foi eleito novamente deputado estadual, com 67.307 votos. E em 2012, deixou o cargo na Assembleia Legislativa do Paraná, para assumir a prefeitura de Ponta Grossa.

Marcelo Rangel chegou à prefeitura de Ponta Grossa, em 2012, com 50,48% dos votos, que representaram 88.611 eleitores. Rangel venceu no segundo turno o deputado estadual Péricles Mello (PT), que alcançou 49,52% dos votos (86.929).

Nas eleições de 2016, a chapa de Rangel, terá como candidata a vice, a professora Elizabeth Schmidt (PSB). Elizabeth ocupou o cargo de secretária de Administração e Recursos Humanos, na atual gestão. Além do PPS e do PSB, formam a aliança com Rangel: DEM, PSDB, PSD, PRB, PROS, PSC, PP, PSL, PTB e o PV.

Julio Küller (PMB)

J KULLER

Julio Küller (PMB) tem 46 anos e está em seu terceiro mandato como vereador. Foi eleito pelo PPS, em 2004 e em 2008, conquistando respectivamente 2.387 votos e 3.090, sendo o mais votado pelo PPS.

Em 2012 chegou à Câmara dos Vereadores, pela terceira vez, com 4.425 votos, sendo o mais votado do PSD.

Küller se licenciou da Câmara para assumir a secretaria de Assistência Social, da gestão de Marcelo Rangel, onde ficou até abril de 2016.  Terá como candidato a vice, o empresário da Academia Bioativa, Dirlei Cordeiro (PSDC).

Além do PMB e do PSDC, Küller terá o apoio dos partidos PRP, SD, PRTB,  PHS,  PMN,  PEN e PDT.

Leandro Soares (PPL)

LEANDRO PPL

Leandro Soares tem 25 anos, é acadêmico do curso de direito no Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (CESCAGE) e  do curso de publicidade nas Faculdades Ponta Grossa.

Na atividade política participou de ações comunitárias e em algumas instituições: Movimento Popular de Saúde (MOPS), Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa (CMS/PG), Federação Brasileira de Direitos Humanos (FBDH), Associação de Moradores da Vila Marina, Rotary Club Ponta Grossa Vila Velha e Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA/PG), Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa – (ACIPG), Associação Brasileira de Mediação e Arbitragem (ABRAME) e Corte de Justiça Arbitral e Eclesiástica (COJAE)

Como resultado da participação na comunidade, valendo o convite feito pela coordenação regional do Partido Pátria Livre (PPL), filiado desde 2015. Pelos trabalhos realizados no PPL, foi eleito presidente da comissão executiva de Ponta Grossa. Leadro terá como vice Adriana Lopes.

Professor Gadini (Psol):

GADINI

Professor Gadini tem 49 anos, é jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), mestre em Comunicação, doutor em Ciências da Comunicação (Unisinos, RS) e cursou o programa Doutorado Sanduiche na Universidade Nova de Lisboa, em Portugal.

É professor concursado do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), onde presta serviços há mais de 20 anos. Participante ativo das lutas e movimentos sociais, o Professor Gadini construiu uma trajetória de apoio e atuação na luta dos trabalhadores da cidade e em defesa da cidadania.

Gadini presidiu o Sindicato dos Docentes da UEPG (SINDUEPG-ANDES/N, entre 2006-2008), foi um dos fundadores da TV Comunitária PG, que opera pelo sistema a cabo na Cidade e também coordenou a Associação da TVCom, além de apoiar a organização de atividades e movimentos sociais em diversas áreas na Cidade.

O Professor também foi porta-voz do Núcleo PG do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE, entre 2008 e 2010) e atualmente integra o grupo gestor da Frente de Movimentos Sociais de PG.

Participou de Movimentos Sociais, como as manifestações contra o aumento da tarifa do transporte coletivo, organizadas pelos estudantes em 2004, 2006, 2008 e 2009 por melhoria na qualidade do transporte público e o fim do monopólio sem fiscalização da Prefeitura, sempre contaram com apoio do Professor Gadini.

Em 2008, Gadini participou da luta em defesa de um aterro público em local adequado, contra a mudança do plano diretor. Em 2009, participou da criação do Fórum em Defesa de Políticas de PG, com dezenas de associações sem fins lucrativos e, pouco depois, também integra o Fórum das Águas dos Campos Gerais, em defesa da água e do saneamento básico como política pública.

Em 2015 e 2016, Gadini integrou o movimento contra a negociação entre a Prefeitura e a concessionária de água e saneamento para antecipar um contrato de 30 e 60 anos. Gadini terá como vice o professor Felipe Soares (PCdoB).

 (Com informações dos candidatos e de suas assessorias)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s