Veja as propostas dos candidatos na área de saúde em PG

candidatos
Investimentos na Atenção Básica são pontos em comum nos planos de governo dos candidatos , Professor Gadini (Psol), Júlio Küller (PMB), Aliel Machado (Rede), Leandro Soares (PPL) e Marcelo Rangel (PPS).

Em todas as eleições são muitas as propostas para a área de saúde, mas poucas delas são executadas pelos governos. Em Ponta Grossa, a população já ouviu promessas mirabolantes, do tipo “vou acabar com as filas na saúde” ou “todas as unidades de saúde vão contar com médicos após às 18h”. O fato é que a população parece não dar mais espaço para este tipo de “promessa”.

O blog da Mareli Martins levantou, dentro dos planos de governo, as principais propostas dos cinco candidatos à prefeitura de Ponta Grossa.

O candidato do Psol, Professor Gadini, defende maior transparência na gestão em saúde e valorização dos funcionários públicos. “É necessário fazer uma auditoria de todos os contratos com serviços terceirizados de saúde das últimas gestões e depois avaliar as reais condições de fiscalização. A responsabilidade de fiscalização é da prefeitura. A intenção é que, gradualmente, possamos acabar com as terceirizações, que transferem a responsabilidade do poder público para empresas privadas”.

Outro ponto destacado pelo Professor Gadini é a real valorização dos funcionários. “É preciso definir, em diálogo com profissionais do quadro de carreira, um plano de recomposição de recursos humanos na área de saúde, através de um cronograma de concurso público e contratação. E, de imediato, convocar os aprovados em concurso público, que aguardam nomeação”.

Para o candidato da Rede Sustentabilidade, Aliel Machado, um ponto fundamental é a garantia de um sistema informatizado em total funcionamento. “Nesta área, o primeiro passo é a organização do sistema de informática, que hoje não permite um acompanhamento por parte do gestor.  Com a adequação do sistema, os médicos de qualquer unidade e dos hospitais poderão trocar informações sobre a saúde do paciente “.

Aliel Machado aposta na reabertura dos Centros de Atenção Social (CAS), que serão transformados em Centros Regionais de Especialidades, de acordo com o candidato. “Os CAS vão se tornar os Centros Regionais de Especialidades, com as especialidades mais requisitadas pelas pessoas que precisam de atendimento, sem precisar buscar em outras cidades.  Estes mesmos Centros funcionarão como Unidades Básicas de Saúde e, por fim, implantaremos uma clínica oftalmológica para eliminar as filas de pacientes que aguardam tratamento. Iremos implantar a Farmácia de Manipulação Municipal”.

O candidato Júlio Küller (PMB), também defende a reabertura dos CAS.  Ele aponta como prioridade o acesso aos medicamentos e a ampliação do atendimento infantil. “Os CAS serão reabertos e com ampliação dos serviços. E em alguns CAS já existentes deverão estender o horário de funcionamento das 07h30 às 22hs”.

Küller  propõe o programa ‘Remédio em Casa’. “Esse programa tem o objetivo de levar aos bairros e distritos de Ponta Grossa uma unidade móvel preparada com medicamentos de uso contínuo e com uma equipe de profissionais: Enfermeiro, Farmacêutico e Médico, para realizar a atualização da receita e a entrega de medicamentos”. Também foi destacada como uma de suas principais propostas para a saúde pública a ” transformação do Hospital da Criança em um Pronto Atendimento Infantil. O atendimento infantil ficará centralizado, com atendimento 24 horas e o principal com pediatras”.

O candidato à reeleição, Marcelo Rangel (PPS), afirma que vai estruturar o Hospital da Criança. “Nós abrimos o Pronto Atendimento Infantil no Hospital da Criança, com funcionamento 24h e vamos dar totais condições de funcionamento. Também implantamos o PAI, na UPA do Santa Paula”.

Rangel  afirma que vai informatizar o sistema de saúde.” Vamos implantar um sistema que permite acesso ao prontuário eletrônico e avaliação de exames e atendimentos no local da consulta”.

O candidato do PPS destaca que vai investir na qualificação do atendimento da Atenção Primária. “Após a expansão da Estratégia Saúde da Família, que antes contava com 43% e hoje apresenta 85% de cobertura da População em Ponta Grossa, o momento agora é manter e qualificar os serviços de Atenção Primária investindo nos serviços de apoio. com objetivo de fortalecer a Atenção Primária tornando a mais resolutiva e ordenadora dos serviços. A prevenção continua como foco principal e a promoção à saúde entra como complemento das ações a serem implantadas”.

Leandro Soares (PPL) vai desenvolver um plano de ação preventiva na atenção básica e manutenção dos serviços existentes, aliada as boas condições estruturais. “Com relação à saúde nós propomos a reconstrução do Pronto Socorro Municipal, manutenção constante dos equipamentos existentes, aperfeiçoamento constante dos equipamentos existentes, aperfeiçoamento. Além de outras propostas para o Samu e o Siate. “Visamos a ampliação do Serviço de Atendimento Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência, Siate e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu”.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s