Küller anuncia candidatura a deputado estadual

jk
Küller disse que apoio para algum dos candidatos que estão no segundo turno ainda não foi definido.

Em entrevista à Rádio T nesta terça-feira (4), o vereador Julio Küller (PMB), que disputou à prefeitura de Ponta Grossa, afirmou que ainda não tem um posicionamento sobre apoiar um dos candidatos que estão no segundo turno, Marcelo Rangel (PPS) e Aliel Machado (Rede).

Küller (PMB) destacou que iniciou a campanha sendo menos  conhecido entre as pessoas, do que o deputado Aliel Machado e Marcelo Rangel, mas que terminou a campanha com um bom índice de conhecimento. Julio Küller também anunciou que será candidato a deputado estadual, em 2018.

Julio Küller foi o terceiro candidato mais votado, com 15.59% do eleitorado, somando 27.465 votos. “Quero agradecer a todos que acreditam em mim, agradeço de coração. Tive uma votação muito boa nos distritos que estão abandonados, que não tem água encanada e ninguém fala disso. O momento é de agradecer”, disse.

Küller fez uma avaliação positiva dos resultados alcançados. “Foi uma boa experiência e um bom resultado obtido. Mesmo com poucos dias de campanha e com poucos recursos, nós conseguimos um bom resultado. Comecei a campanha com um índice de 25% de pessoas que me conheciam e terminei a disputa com 56% de pessoas que hoje me conhecem. Tivemos muitas dificuldades, poucos recursos, tempo de TV menor”.

Julio Küller (PMB) também avaliou os votos obtidos pelo candidato à reeleição Marcelo Rangel (PPS). “A população pelo jeito está satisfeita com as ruas sem asfalto, com as filas nas unidades de saúde. Isso é uma escolha da população. As pessoas vão lembrar de tudo de que falei, a partir de novembro, e isso vai aparecer depois das eleições, seja quem for o ganhador”, alertou. Rangel alcançou 47,68% do eleitorado, totalizando 84.032 votos. Aliel Machado conquistou 28,15%, sendo 49.611 votos.

Apoio no segundo turno ainda não está definido

Segundo ele, ainda não existe definição sobre conceder apoio para algum dos candidatos que estão no segundo turno. ” A minha proposta é completamente diferente das outras duas. Fiz a proposta de corte de cargos em comissão, de redução de secretarias de um ajuste fiscal necessário. E isso não contempla as propostas dos dois. Nós vamos nos reunir e anunciar o que decidimos. Vou consultar os meus eleitores, o meu grupo de apoio. A decisão em grupo será respeitada”.

Küller foi secretário de Assistência Social, na atual gestão, mas adotou em sua campanha uma linha bastante crítica ao prefeito Marcelo Rangel. O prefeito chamou o ex-parceiro de traidor, em entrevistas e debates. Por tanto, seria constrangedor para Julio apoiar Rangel.

Outro problema que envolve um possível apoio a Rangel é a presença do deputado Marcio Pauliki (PDT), na candidatura de Küller. Depois de acertar com o governador Beto Richa (PSDB), em Curitiba, Pauliki desistiu da disputa pela prefeitura de Ponta Grossa e apoiou Küller,na campanha. O deputado fez propaganda em TV, rádio e foi às ruas pedir votos para Julio Küller.

Sendo assim, um possível apoio de Küller à Rangel, deixaria Pauliki com a imagem prejudicada. Pois “teoricamente” ele se diz inimigo de Marcelo Rangel e do deputado federal Sandro Alex. Vale lembrar, que quando desistiu da candidatura, Marcio Pauliki, automaticamente, ajudou Marcelo Rangel, quanto às chances de reeleição.

Pauliki estava em primeiro lugar em todas pesquisas e tinha totais condições de vencer Rangel. É preciso dizer também que Beto Richa é apoiador de Marcelo Rangel. Agora se Küller optar por apoiar o candidato Aliel Machado,sem dúvidas,os constrangimentos serão muito menores. Mas como em política não exite ética, tudo pode acontecer.

Nesta quarta-feira (5), o grupo de Marcio Pauliki vai se reunir com Julio Küller, para definir este apoio. Nos bastidores a informação que circula é que Pauliki vai orientar o candidato para que fique neutro no segundo turno. Pode ocorrer também uma separação dos grupos, ou seja, Küller pode apoiar um dos candidatos  e Pauliki ficar “neutro”. Aliás é bem a cara do deputado ficar “em cima do muro”, mas sempre articulando os seus interesses nos bastidores. Marcio Pauliki vai disputar o cargo de deputado federal, em 2018.

Küller vai disputar o cargo de deputado estadual

Julio Küller disse que vai trabalhar com um novo projeto com foco nas instituições sociais. A intenção é que por meio da criação de um instituto, essas entidades sociais recebam atenção adequada. Além disso, o órgão vai fiscalizar as obrigações da prefeitura na ação social.

Por fim, Küller anunciou que vai concorrer à uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná, em 2018. “Sou candidato a deputado estadual, quero aproveitar esse espaço aqui, para anunciar a minha decisão. E para que não tenham dúvidas no futuro”, concluiu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s