Deputado paranaense Osmar Serraglio é o novo ministro da Justiça

osmar
Osmar Serraglio teve seu nome envolvido em articulações para ajudar o ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, preso pela Operação Lava Jato. (Foto: Gilmar Félix/Câmara dos Deputados / Câmara dos Deputados)

O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR) foi anunciado oficialmente como novo ministro da Justiça do governo de Michel Temer (PMDB). A confirmação aconteceu na noite desta quinta-feira (23), em um comunicado que foi lido pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola.

Serraglio vai substituir Alexandre de Moraes, que foi nomeado novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Ao desejar-lhe êxito em sua missão, o presidente Temer expressa, desde já, sua plena confiança na capacidade do ministro Osmar Serraglio para conduzir os trabalhos no Ministério da Justiça e Segurança Pública”, disse Parola ao ler o comunicado do Planalto.

Osmar Serraglio é conhecido como  aliado de Cunha

O deputado federal Osmar Serraglio teve seu nome envolvido em articulações para ajudar o ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi preso na Operação Lava Jato.

Serraglio foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça e teria permitido inúmeras manobras para adiar o julgamento do processo de cassação de Eduardo Cunha. Mas o deputado afirma que “as acusações são injustas”.

Críticas

Para muitos, Osmar Serraglio é visto como aliado de Cunha e por isso a nomeação foi alvo de críticas. “É o fim do mundo, aliado de Eduardo Cunha no Ministério da Justiça. Está à altura do conjunto da obra do governo Temer”, disse o senador do Paraná, Roberto Requião, que mesmo sendo também do PMDB, afirma que “Osmar não faz parte do seu grupo”.

Sobre Osmar Serraglio

Filiado ao PMDB desde 1978, quando o partido ainda era o MDB, Osmar Serraglio foi eleito deputado federal pela primeira vez em 1998 e está em seu quinto mandato. Advogado, foi assessor jurídico de diversas prefeituras, além de professor universitário. Professor universitário, ele é mestre em Direito pela PUC/SP e tem especialização em processo civil pela Universidade Paranaense (Unipar).

O deputado foi relator da CPI dos Correios, que precipitou a investigação que revelou o chamado esquema do mensalão no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

(Com informações do Jornal O Globo)

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s