TSE começa a julgar chapa Dilma-Temer nesta terça

 

dilma_temer_ae_hg_12062010
A chapa Dilma-Temer é acusada de abuso de poder político e econômico ao usar recursos ilícitos para financiar a campanha de 2014. (foto: Celso Júnior/AE )

Nesta terça-feira (4), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a julgar processo em que a chapa PT/PMDB é acusada de abuso de poder político e econômico ao usar recursos ilícitos para financiar a campanha de 2014. O resultado do julgamento pode levar à anulação das candidaturas e tirar Michel Temer (PMDB) do posto que ocupa oficialmente desde agosto do ano passado, após o processo de impeachment que cassou o mandato de Dilma Rousseff (PT).

O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, convocou quatro sessões para esta semana: duas ordinárias, às 19h de terça-feira (4) e às 9h de quinta-feira (6) e duas extraordinárias, às 9h de terça-feira (4) e às 19h de quarta-feira (5).

A ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer foi apresentada pelo PSDB após a vitória da petista na eleição de 2014. O partido argumenta que houve abuso de poder da candidatura vitoriosa. Mas os tucanos estão fazendo manobras para inocentar Temer e condenar apenas Dilma.

As defesas de Dilma e Temer entregaram na sexta-feira (24) as alegações finais. Uma das principais linhas dos advogados de Temer é a de pedir a separação das responsabilidades sobre as contas da campanha. Argumentam que, como Temer optou pela abertura de uma conta separada como candidato a vice-presidente, “tem o direito de ter sua conduta individualizada”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s