Alep fica lotada durante audiência pública sobre a reforma da Previdência

33604337252_db49d1ee62_z
Cerca de mil pessoas participaram da audiência pública na Alep, em Curitiba, na última sexta-feira (31). Representantes de centrais sindicais, lideranças políticas e religiosas dizem “não” a reforma da Previdência.(foto: Tikinho)

A Assembleia Legislativa do Paraná ficou lotada na última sexta-feira (31), durante a audiência pública sobre a reforma da Previdência. Cerca de mil pessoas compareceram ao evento, que foi organizado pelo deputado estadual Requião Filho (PMDB). Participaram da audiência os senadores Roberto Requião (PMDB-PR), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Paulo Paim (PT-RS) e o ex-ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas.

Segundo o senador Roberto Requião a reforma não vai passar no Senado. De 84 senadores, 61 assinaram a CPI da Previdência. “O que se pretende dentro dessa proposta de Estado mínimo é entregar a previdência pública para o capital financeiro, para os grandes bancos nacionais e internacionais. Mas essa proposta já deu com os burros n’água e no Congresso Nacional não passa mais”, afirmou o senador.

Para a senadora Gleisi Hoffmann a participação da população é fundamental para derrubar essa proposta. “Mobilizações como essa e outras que estão acontecendo em todo país mostram que as pessoas estão tendo consciência do que significa isso. É a retirada de direitos e o desmonte de um sistema mínimo de proteção social que nós temos no Brasil”.

De acordo com o deputado Requião Filho, organizador da audiência pública, o evento atingiu objetivo. “É um assunto que afeta a vida de todos os brasileiros. A reforma é necessária, mas não da forma como está aí, retirando direitos dos trabalhadores. Não é justo com quem começou a contribuir mais cedo, nem com as mulheres ou os homens do campo. Ficamos felizes com o posicionamento popular, com o que foi apresentado aqui hoje e saímos confiantes de que, do jeito como está, não vai passar pelo Congresso Nacional. A população não vai deixar”, disse o deputado.

O senador Alvaro Dias (PV-PR) foi convidado para o encontro, mas não compareceu. “O Alvaro informou que não poderia participar da audiência, mas também está contra a reforma da Previdência. No Paraná, os três senadores estão fechados contra essa reforma”, declarou o senador Requião, entrevista à Rádio T de Ponta Grossa, na sexta-feira (31).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s