Gilmar Mendes manda soltar contador de Richa e garante salvo-conduto para familiares do ex-governador

10
Ministro do STF, Gilmar Mendes, concede salvo-conduto a todos os familiares do ex-governador Beto Richa (PSDB) e que estão sendo investigados em processos de corrupção. (foto: Aen)

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na sexta-feira (15) a soltura do contador da família Richa, Dirceu Pupo Ferreira. O contador já está em liberdade. Além disso, o ministro também concedeu “salvo-conduto” ao ex-governador Beto Richa (PSDB) e seus familiares, a ex-primeira-dama Fernanda Richa e André Richa, filho do casal.

Dirceu Pupo foi preso no dia 25 de janeiro na 58ª fase da Operação Lava Jato, denominada Operação Integração 2, por ordem da Justiça Federal do Paraná. Ele é acusado junto com Beto Richa por fraudes na concessão de rodovias do estado. O ex-governador também havia sido preso, mas acabou solto por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Antes, eles já haviam sido presos no âmbito da Operação Rádio Patrulha, do Ministério Público do estado, e foram liberados por decisão de Gilmar Mendes, que deu salvo-conduto para impedir novas prisões dentro do mesmo processo.

Ao analisar o pedido de soltura de Dirceu Pupo, Gilmar Mendes não viu risco para as investigações caso o contador fosse solto.

Em nota, a defesa de Dirceu Pupo afirmou que Gilmar Mendes fez justiça ao rever decisão de prisão baseada em fatos antigos, que já haviam sido analisados anteriormente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s