Réu na Quadro Negro ganha cargo com salário de R$ 18 mil na Assembleia Legislativa do Paraná

joao-ney-e-plauto
Investigado na Operação Quadro Negro é nomeado novamente na Alep. (foto: Alep)

O ex-secretário de Planejamento de Ponta Grossa e réu na Operação Quadro Negro, João Ney Marçal Júnior, ganhou novamente um cargo comissionado na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). João Ney é braço-direito do deputado Plauto Miró Guimarães Filho (DEM), que também é réu na Quadro Negro, operação que apura o desvio de mais de R$ 20 milhões das obras de escolas do Paraná.

João Ney Marçal Júnior agora está lotado na Diretoria de Tecnologia da Informação, com salário de R$ 18.759,05, mas somando os benefícios de R$ 939,49, no mês de maio, por exemplo, ele recebeu 19.708,44.

O mesmo “comissionado” já ocupou o cargo de Diretor Financeiro na Alep, quando Plauto Miró era o primeiro-secretário, até o ano de 2018. Atualmente o primeiro-secretário da Alepe é o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB). Neste ano tentaram manter o mesmo cargo e chegaram a concluir a nomeação. Mas após a divulgação da Gazeta do Povo e do Blog da Mareli Martins ele foi exonerado.

Mas deram um “jeitinho” e o nomearam novamente na Assembleia Legislativa do Paraná. A estratégia foi fazer a nomeação em um outro setor que não caracterizasse qualquer tipo de proteção declarada por parte do deputado Plauto Miró, que hoje é o primeiro vice-presidente da Alep. Lógico que a proteção continua acontecendo.

Em outubro do ano passado, junto com Plauto Miró e outros, João Marçal Júnior se tornou alvo de uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa, proposta pelo Ministério Público do Estado do Paraná, e em trâmite na 1ª Vara da Fazenda Pública de Ponta Grossa.

Ainda não há um desfecho na Justiça Estadual – seja pela condenação ou pela absolvição. João Ney Marçal Júnior rejeita as acusações do MP e acredita que o caso será julgado improcedente.

O Blog da Mareli Martins deixa o espaço aberto para a manifestação de João Ney Marçal Júnior, caso exista o interesse.

(Com informações Catarina Scortecci, da Gazeta do Povo e do Portal da Transparência da Alep)

Veja a nomeação:

WhatsApp Image 2019-07-09 at 20.13.46WhatsApp Image 2019-07-09 at 20.13.53Links relacionados:

https://marelimartins.com.br/2019/04/09/reu-na-quadro-negro-e-braco-direito-de-plauto-e-exonerado-do-cargo-na-assembleia-legislativa-do-

https://marelimartins.com.br/2019/04/04/investigado-na-quadro-negro-e-nomeado-novamente-na-assembleia-legislativa-do-parana/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s