Deputados querem aumentar fundão eleitoral de 2020 para R$ 3,2 bilhões

 

plenario-da-camara
Deputados querem aumentar o valor do fundo eleitoral para 2020. (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Já foi anunciado pelo governo de Bolsonaro (PSL), que os trabalhadores não terão ganhos reais em relação ao salário mínimo de 2020. Ou seja, haverá apenas a reposição da inflação e, com isso, o salário poderá chegar a R$1.039,00. Mas de forma contraditória a realidade dos brasileiros, deputados e senadores de diversos partidos se uniram para aumentar o fundão eleitoral.

Eles querem que em 2020 sejam aplicados em torno de R$ 3,2 bilhões nas campanhas eleitorais. O valor representa quase o dobro do dinheiro público previsto pelo governo para as campanhas.

O texto aprovado pela Câmara nesta quarta-feira (4) ainda passará pelo Senado e terá de ser sancionado para valer. Pelas regras atuais, o fundo eleitoral é formado por 30% das emendas impositivas (obrigatórias) apresentadas pelas bancadas estaduais no Congresso Nacional.

De acordo com o projeto, o fundo continuará a ser abastecido com dinheiro oriundo das emendas de bancada, mas a redação retira a regra de 30%, deixando somente a previsão de o repasse corresponder a “um percentual”.

Inicialmente, a articulação de parlamentares visava destinar R$ 3,7 bilhões para o fundo, mas o valor foi criticado diante do momento de crise fiscal. Agora, o valor pode passar para R$ 3,2 bilhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s