Ricardo Barros articula derrubada dos vetos do projeto de abuso de autoridade: “muitos juízes agem em desacordo com a lei”, diz o deputado

barros
Abuso de autoridade: “juiz não pode dar decisão contra o que está na lei e muitos fazem isso”, diz Ricardo Barros (foto: Câmara Federal)

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), relator do projeto sobre o abuso de autoridade, soltou o verbo, durante entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins nesta sexta-feira (13). Barros criticou a atuação de alguns juízes, procuradores e disse que muitos métodos utilizados pela Operação Lava Jato “foram ilegais”, além da “divulgação de informações falsas na imprensa.” (Ouça a entrevista ao final do texto)

O deputado afirmou que está trabalhando para que a Câmara derrube os vetos de Bolsonaro ao projeto de abuso de autoridade.

“É claro que vamos procurar derrubar esses vetos para defender os direitos constitucionais do cidadão. A presunção de inocência é um direito constitucional, o justo processo é um direito constitucional. O juiz não pode decidir contra a lei como muitos decidem, não podem dar decisões contrárias ao que está na lei. O projeto é para garantir os direitos dos cidadãos”, destacou.

Entre os vetos do presidente está o que permite decretar prisão ou deixar de conceder liberdade em manifesto a de desconformidade com a lei.

“É possível alguém decretar prisão em manifesto e desconformidade com a lei? E não é abuso de autoridade? Não entendo esse veto. Onde está com a cabeça esse presidente, o Moro e o seus asseclas que querem prender alguém em manifesto a desconformidade com a lei?”, questionou Ricardo Barros.

 

“Lava Jato já teve sentença cancelada por que agiram fora da lei”, destacou o deputado

Barros disse que a Lava Jato terá outras sentenças cancelada por práticas que ocorreram em desconformidade com a lei. “Veja o descaramento dessa turma que em nome da Lava Jato e do combate à corrupção querem fazer qualquer coisa. A primeira sentença já foi cancelada e muitas outras serão porque agiram em fora da lei”, disse Ricardo Barros.

O deputado destacou que a Lava Jato levou muitas informações falsas que vão ser sendo desmentidas.

“Muitas coisas que a Lava Jato alegou a mídia como verdades, serão demonstradas como falsas. E as pessoas vão pedir indenização a quem? A nós contribuintes, ao estado brasileiro, os promotores e juízes não respondiam por nada agora vão responder”, afirmou.

Ouça a entrevista completa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s