Apesar de aprovar as contas dos governos de Richa e Cida, TCE aponta ‘rombo’ na previdência

cida e richa
TCE aponta que o fundo previdenciário, responsável pelas futuras aposentadorias, registrou resultado negativo de R$ 464,3 milhões.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PR) aprovou nesta quarta-feira (7) o parecer pela aprovação das contas de 2018 dos ex-governador Beto Richa (PSDB) e da ex-governadora Cida Borghetti (PP). Mesmo com a aprovação, o TCE colocou 23 ressalvas.

O principal problema foi o déficit no Paraná Previdência, que chegou a R$ 5 bilhões no ano passado.

Em 2018, o Paraná Previdência obteve resultado deficitário de R$ 5 bilhões. O fundo financeiro, que é o responsável pelo pagamento das atuais aposentadorias, teve resultado negativo de R$ 3,19 bilhões.

O fundo militar, que paga benefícios aos policiais militares e seus dependentes, teve déficit de R$ 1,34 bilhão. E o fundo previdenciário, responsável pelas futuras aposentadorias, registrou resultado negativo de R$ 464,3 milhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s