Mesa diretora da Câmara rejeita PL que propõe amputação de mãos dos políticos corruptos

boca aberta

(foto:Câmara Federal)

A mesa diretora da Câmara dos Deputados rejeitou, na tarde desta terça-feira (10), o polêmico projeto que propõe a amputação das mãos de políticos corruptos, aqueles que forem condenados por crimes relacionados à corrupção.

O projeto tem como autor o deputados de Londrina, Boca Aberta (Pros-PR). Conforme a proposta, a amputação deveria ser feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Vale destacar, que Boca Aberta responde a diversos processos, 30 aproximadamente, por difamação, calúnia, fraude processual e difamação.

Em defesa de seu projeto, Boca Aberta disse que a única forma de impedir que um político continue roubando, tem que ser a amputação das mãos.

“O político que rouba o nosso dinheiro não tem salvação, quando sair da cadeia vai cometer o crime de novo. Se amputar as duas mãos do cara, nunca mais ele vai roubar”,

O deputado já defendeu também a pena de morte para políticos corruptos. “Político corrupto tinha que colocar em praça pública, fazer evento com carro de som, chamar o povo para ver a liquidação, dar um tiro na cabeça e mandar a conta do projétil para a família. Eu queria isso no Brasil, mas, como não tem, cortar a mão já é um aperitivo. Já pensou quanto deputado cotoco pedindo para a assessora assinar o projeto ia ter no Brasil?”, declarou Boca Aberta.

Veja o discurso de Boca Aberta em defesa do projeto (fonte: Canal Misto Brasília)

um comentário

  • Wesley Reis

    Esse circo só serve para ele ganhar holofotes. Ele sabe que isso não existe no Brasil, quer mais atenção em época eleitoreira.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s