Após denúncias de ilegalidades, prefeitura de Ponta Grossa terá que suspender licitação dos terminais de transporte

transporte-coletivo-1

Um dos pontos que chamou atenção na proposta do governo de Marcelo Rangel (PSDB) é o tempo de concessão de 35 anos. (foto: RPC/Reprodução)

Depois de inúmeras denúncias de irregularidades, a licitação para a concessão dos terminais de transporte de Ponta Grossa será suspensa pela Prefeitura de Ponta Grossa.

Nesta quinta-feira (4), a Comissão Especial de Investigação (CEI) da Câmara dos Vereadores ouviu o secretário de Administração e Recursos Humanos da prefeitura, Ricardo Linhares, que é tio do prefeito Marcelo Rangel (PSDB).

O processo licitatório trata da concessão a uma empresa privada, que passaria a administrar os quatro terminais de ônibus (Central, Nova Rússia, Uvaranas e Oficinas) e também o Shopping Popular, conhecido como Paraguaizinho.  A licitação também prevê a construção do Terminal do Santa Paula.

Um dos pontos que chamou atenção na proposta do governo de Marcelo Rangel (PSDB) é o tempo de concessão de 35 anos.

A licitação, na modalidade de concorrência do tipo melhor técnica – 01/20 -, estava marcada para acontecer no dia 16 de junho. Segundo a Prefeitura, a suspensão é para adequações no processo.

A licitação só será suspensa porque os vereadores de Ponta Grossa abriram uma Comissão Especial de Investigação (CEI) para investigar as irregularidades na licitação. O responsável pelo pedido de abertura da investigação e presidente da CEI é o George de Oliveira (PROS). Também fazem parte da CEI os vereadores, Pietro Arnaud (PSB), Geraldo Stocco (PSB) e Celso Cieslak (PRTB).

George afirmou que o processo possui indícios de ilegalidades. “O trâmite começou quando nem havia lei vigente que autorizava a concessão”, disse o vereador George de Oliveira.

As irregularidades no processo licitatório também foram motivo para a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG|) entrar com um mandado de segurança. Segundo a Acipg, o processo da forma como foi feito pela prefeitura, poderia beneficiar empresas e gerar prejuízos para a população de Ponta Grossa.

Até o momento, não há previsão de reabertura. A suspensão deve ser publicada em Diário Oficial pela Prefeitura nos próximos dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s