Quadro Negro: TJ-PR suspende processos de Beto Richa e aguarda decisão do STJ

Beto Richa responde pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e prorrogação indevida de contrato de licitação.  (Foto: Divulgação)

A desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Priscilla Placha , atendeu ao pedido de liminar feito pela defesa do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), para suspensão de quatro processos em que Richa é réu na Operação Quadro Negro. Os processos ficarão suspensos até que sejam publicadas decisões da Justiça Eleitoral e do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Conforme a desembargadora, “a Justiça comum precisa aguardar uma decisão do STJ sobre o desmembramento ou não das investigações, sob pena de se causar grave prejuízo à defesa do ora paciente.”

A operação Quadro Negro investiga o desvio de mais de R$ 20 milhões das obras das escolas do Paraná. Segundo os promotores, foram feitos repasses milionários a Beto Richa, entre os anos de 2012 e 2014. Richa chegou a ser preso na Operação Quadro Negro. O ex-governador ficou preso por 17 dias.

Neste processo, Beto Richa responde pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e prorrogação indevida de contrato de licitação. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s