Presidente da ACIPG diz que ‘medidas duras foram necessárias diante do colapso na saúde’

“Nós tivemos reuniões com a prefeita e isso foi importante. Sabemos de todas as dificuldades enfrentadas pelo comércio, mas infelizmente diante da situação que a cidade enfrenta hoje por conta do coronavírus, a prefeita não tinha outra opção”, afirmou o presidente da ACIPG. (Foto: Divulgação/ACIPG)

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) apresentou seu posicionamento, nesta quarta-feira (17), sobre o novo decreto anunciado pela prefeita Elizabeth Schmidt (PSD).

O Blog da Mareli Martins conversou com o presidente da ACIPG, Douglas Taques Fonseca, que declarou que as medidas adotadas pela prefeita foram necessárias.

“Nós tivemos reuniões com a prefeita e isso foi importante. Sabemos de todas as dificuldades enfrentadas pelo comércio, mas infelizmente diante da situação que a cidade enfrenta hoje por conta do coronavírus, a prefeita não tinha outra opção. As medidas são duras, mas necessárias. Nós esperamos que haja uma colaboração da população e que estas medidas tenham efeito na redução de casos da doença, de diminuição da ocupação dos leitos nos hospitais e redução dos óbitos. A situação é muito grave, por isso é preciso de união para que Ponta Grossa consiga sair dessa situação”, afirmou o presidente da ACIPG.

Douglas Taques disse que a ACIPG está em contato com associações médicas, com objetivo de discutir o chamado tratamento precoce, que inclui o ‘kit Covid’ para os pacientes.

“Este tratamento vem apresentando bons resultados em diversos lugares, mas aqui nós defendemos que exista a aprovação dos médicos e associações médicas. Se houver essa aprovação, nós da ACIPG faremos uma campanha para ajudar inclusive na aquisição destes kits, mas somente com aprovação dos médicos”, enfatizou.

Sobre o decreto das medidas restritivas anunciadas para Ponta Grossa, por meio de nota, a ACIPG  declarou que a “decisão da prefeita em ouvir representantes do setor produtivo é louvável, bem como são inteligentes medidas como a suspensão do sistema de transporte coletivo e o fechamento de áreas de lazer, causadores de aglomerações e aceleradores de contágio”.

A instituição destacou que já trabalha na discussão de ações para apoiar os empresários na retomada de suas atividades.

“Da mesma forma, a ACIPG já está em diálogo constante com as autoridades para discutir ações a serem aplicadas para a retomada das atividades econômicas”.

Veja a nota completa da ACIPG

Posicionamento ACIPG sobre decreto em Ponta Grossa

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa acompanha apreensiva à gravíssima crise em nosso município nos últimos dias. Diante de um cenário alarmante e trágico, a ACIPG não se omite de seu papel na sociedade e participa ativamente de ações que busquem reverter a espantosa elevação de óbitos, ao mesmo tempo em que se preocupa com o empreendedor que necessita honrar os compromissos ao fim do mês. 

A ACIPG sempre estará ao lado do empresário, pronta para ouvir as suas angústias e buscar sanar os seus problemas, sobretudo após um ano que muito castigou. A dor do empreendedor também é da ACIPG, e ela está do lado do empresário nessa dura batalha. 

A decisão da prefeita em ouvir representantes do setor produtivo é louvável, bem como são inteligentes medidas como a suspensão do sistema de transporte coletivo e o fechamento de áreas de lazer, causadores de aglomerações e aceleradores de contágio. Da mesma forma, a ACIPG já está em diálogo constante com as autoridades para discutir ações a serem aplicadas para a retomada das atividades econômicas.

Sabe-se que tempos difíceis exigem medidas duras, e o principal alvo agora é reduzir o colapso em que se encontra o sistema de saúde, público e particular, em Ponta Grossa. 

O que se espera é que a decisão da prefeitura seja a mais acertada, que haja de fato uma redução na mobilidade das pessoas, que se intensifiquem as fiscalizações, e sobretudo, que haja responsabilidade e bom senso de todos. 

Momentos de dificuldade como este pedem a união de todos. São tempos duros, difíceis, mas que unidos poderemos vencer.

(ACIPG)

um comentário

  • Tratamento precoce contra a covid sim! É para isso prefeita que a senhora precisa abrir os olhos urgentemente. Ouça o presidente da ACIPG, o Douglas Taques, que sabemos todos é um grande líder pelo exemplo, é pessoa temente a Deus e é cidadão desta cidade preocupando-se com ela também tanto quanto e até muito mais que nós, porque ele gera empregos para vários pais e mães de família. Parabéns Douglas Fonseca pela iniciativa e que a classe médica local faça coro a adoção do tratamento precoce seguindo as cidades de São Lourenço, Itajuba, Itajai e Aparecida só para citar alguns municípios que são exemplos de sucesso comprovado no combate a covid19.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s