PSOL pede que Prefeitura de Ponta Grossa divulgue fila de espera por leitos de UTI Covid-19

PSOL pede que Prefeitura de Ponta Grossa divulgue fila de espera por leitos de UTI na cidade. (Foto: Aline Jasper/UEPG)

O mandato coletivo do PSOL na Câmara de Ponta Grossa solicitou informações à Prefeitura sobre a fila de pacientes que esperam por leitos de UTI Covid. O que ocorre é que a Secretaria de Saúde do Estado divulga as informações estaduais, mas não passa informações sobre a fila de espera por cidades. O pedido de informações foi encaminhado nesta segunda-feira (22).

Conforme o requerimento do PSOL, a Prefeitura de Ponta Grossa precisa deixar transparente essa situação dos leitos na cidade, ou seja, o governo municipal deve informar quantos pacientes estão esperando por leitos em Ponta Grossa.

Vale destacar, que os hospitais de Ponta Grossa recebem pacientes de outras cidades da região dos Campos Gerais.

Conforme a Secretária de Estado da Saúde (Sesa), no Paraná 988 pessoas estão na fila de espera por leitos com diagnóstico ou suspeito do novo coronavírus. Do total, 568 esperam por vaga em UTIs, segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (22).

Mas o Psol questiona os números da fila de espera em Ponta Grossa, visto que estes dados até agora não foram divulgados por nenhum dos órgãos, Prefeitura de Ponta Grossa, Secretaria Estadual de Saúde e 3ª Regional da Saúde, onde a cidade de Ponta Grossa está inserida.

“Queremos saber a evolução do quadro de pacientes da rede pública e  particular na lista de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva na cidade”, diz o requerimento assinado pela vereadora titular do partido na Câmara, Josiane Kieras.

A divulgação da lista de espera por leitos é importante e abre uma outra discussão: quantos pacientes com coronavírus já morreram em Ponta Grossa por falta de leitos de UTI? Ou até mesmo, por falta de leitos clínicos?

Basta verificar os dados do Serviço Funerário Municipal e verificar óbitos de pacientes com covid-19 e que estavam internados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santa Paula ou no Hospital Amadeu Puppi (Pronto Socorro), que não possuem estrutura para atendimento dos pacientes com coronavírus. Ou seja, eles teriam que ter sido transferidos para outros hospitais.

Na rede pública a referência em Ponta Grossa para internamento de pessoas com covid-19 é o Hospital Universitário da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HU-UEPG). No entanto, os hospitais da rede particular também atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Mas desde o mês de fevereiro todos os hospitais registram lotação na ocupação dos leitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s