Funcionários da VCG seguem sem receber salários e transporte continua com 100% de paralisação

Transporte coletivo de Ponta Grossa segue com 100% de paralisaç(Foto: Sintropas)

Os funcionários da Viação Campos Gerais (VCG) ainda não receberam os salários do mês de março e abril e a paralisação do transporte coletivo de Ponta Grossa segue em 100%. Mesmo com o bloqueio judicial de R$ 2,2 milhões da VCG, o dinheiro ainda não chegou aos trabalhadores.

Nesta segunda-feira (10), a VCG pediu o retorno dos trabalhadores, mas o apelo não foi atendido.

Veja a nota da VCG desta segunda-feira (10)

Fizemos uma tentativa de disponibilizar o transporte coletivo para aqueles que querem trabalhar. No entanto o sindicato barrou a saída de dois veículos e os que retornarem, ainda que com colaboradores dispostos para rodar, serão impossibilitados de circular.

A máxima de que “sem salário, sem transporte” tem o seu inverso verdadeiro: “sem receita, sem salário”. Ressaltamos que impossibilitados de operar, fica cada vez mais difícil equalizar as pendências financeiras, bem como honrar com o pagamento do vale alimentação, previsto agora para maio.

Mais uma vez lembramos que os salários atrasados de março encontram-se plenamente quitados pela empresa, apesar de no momento os recursos estarem em poder da justiça do trabalho, ainda pendente de repasse aos trabalhadores, mas isso deixa de ser responsabilidade da empresa.

O momento é gravíssimo e percebemos uma grande vontade de colaboradores que entendem a situação e estão dispostos a ocuparem os seus postos de trabalho.

No entanto, a segurança está em primeiro lugar. Dado ao trancamento da saída da garagem pelo Sintropas, entendemos ser imprudente insistir em circular sem a anuência sindical ou novo amparo judicial, o que a empresa está buscando neste momento”, aponta a empresa.

(VCG)

Na última sexta-feira (7), o deputado estadual Plauto Miró Guimarães Filho (DEM), disse que pode destinar R$ 2 milhões, em emenda parlamentar, para que a Prefeitura de Ponta Grossa possa utilizar para a compra de vales transporte (crédito) e o recurso pode ser utilizado pela VCG para o pagamento dos funcionários. No entanto, a Prefeitura não respondeu à iniciativa do deputado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s