Crônica da semana: Definições sobre o amor

“Amor pode ser uma rosa e pode ser um bife, um beijo, uma colher de xarope. Mas o que o amor é principalmente, são duas pessoas neste mundo”, escreveu Rachel de Queiroz. (Obra: O Beijo, Gustav Klimt)

A crônica desta sexta-feira (30) foi escrita por Rachel de Queiroz. Intitulada de ‘Amor’, a crônica apresenta diversas definições sobre o real sentido do que é o amor. Pessoas de idades diferentes e com experiências distintas percebem o a sobre o amor com visão única.

“A ideia de definição de amor ficou na cabeça e resolvi perguntar por minha conta. Tive muitas respostas. A impressão geral que me ficou do inquérito é que de amor entendem mais os velhos do que os moços, ao contrário do que seria de imaginar. E menos os profissionais que os amadores, digo os amadores da arte de viver, propriamente, e os profissionais do ensino da vida”, escreveu Rachel de Queiroz.

As definições sobre o amor aparecem de diversas formas. “Amor pode ser uma rosa e pode ser um bife, um beijo, uma colher de xarope. Mas o que o amor é principalmente, são duas pessoas neste mundo”.

As crônicas vão ao ar todas as sextas, durante o Jornal Falado, das 12h às 13h, na Rádio Clube 94,1 FM e em parceria com o Blog da Mareli Martins.

A interpretação é da jornalista Mareli Martins. A edição é do músico e sonoplasta John Elvis Ribas Ramalho Junior.

Trilha musical: On The Fly – Richard Elliot

Wave – Tom Jobim

CLIQUE NO LINK E OUÇA A CRÔNICA

OUÇA TODAS AS CRÔNICAS

Crônicas | Mareli Martins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s