Viaduto da Souza Naves em PG é inaugurado: obra faz parte do acordo de leniência entre RodoNorte e MPF

Segundo dados da CCR Rodonorte, a Avenida Souza Naves concentra um fluxo de 35 mil veículos por dia, chegando a 7 milhões de caminhões por ano. (Foto Gilson Abreu/AEN)

Foi inaugurado nesta terça-feira (10) o viaduto do Sabará, localizado na BR-373, no km 173, na Avenida Souza Naves, em Ponta Grossa. A obra é fruto do acordo de leniência firmado entre a concessionária RodoNorte e o Ministério Público Federal (MPF), depois que empresa confessou ter participado do esquema de corrupção dos pedágio no Paraná, que foram divulgados pela Operação Integração.

Com o acordo de leniência as concessionárias que participaram do esquema de corrupção, ou seja, todas as seis empresas que hoje atuam no Paraná, receberam o chamado “perdão judicial” e poderão participar novamente dos processos licitatórios. Os atuais contratos iniciaram em 1997 e encerram em novembro de 2021

O acordo foi estabelecido em março de 2019, depois que a concessionária foi alvo da Operação Integração, que apurou atos de corrupção entre agentes públicos e as concessionárias que atuaram no Anel de Integração.

No total, são R$ 750 milhões de contrapartida até o final da concessão, em novembro de 2021, sendo R$ 365 milhões para obras, R$ 350 milhões em reduções tarifárias e uma multa para o Estado no valor de R$ 35 milhões.

As obras do acordo de leniência entre RodoNorte e MPF abrangem oito interseções de nível (viadutos, trincheiras e passagens) e cerca de 30 quilômetros de duplicações em trechos da BR-376.

Com o viaduto, a rodovia principal passa a funcionar em uma trincheira rebaixada em oito metros de profundidade, com quatro pistas de 3,6 metros de largura, faixa de segurança externa de 0,7 metro e faixa de segurança interna de 0,5 metro. Foram 52 mil metros cúbicos de material removido para criar a trincheira. A velocidade diretriz das pistas da rodovia, que era de 60 km/h, passa a ser de 80 km/h.

Os acessos aos bairros, por sua vez, são realizados por duas marginais de entrada. Ambos os lados têm pistas com 3,35 metros de largura cada, com velocidade máxima de 40km/h. As duas pistas são interligadas por uma trincheira, com extensão de 20 metros, que facilita o fluxo entre ambos os lados.

Para contenção da trincheira, a estrutura conta com estacas escavadas com diâmetro de 60 centímetros e espaçamentos de 1,80 metro. Seu comprimento varia de acordo com a altura do desnível das vias.

O viaduto leva o nome de Luiz Carlos Sebastião, homenagem ao ex-vereador de Ponta Grossa, que atuou na década de 1980 e morreu em fevereiro deste ano vítima da Covid-19. Seus familiares estiveram presentes na inauguração para receber a homenagem.

Além do viaduto do Sabará, acordo inclui, em Ponta Grossa, o viaduto Bocaína, no quilômetro 180 da na BR-373, o acesso secundário e o acesso ao Contorno Leste; o viaduto de Piraí do Sul; as interseções do Jardim Guarany e do Cercadinho, em Campo Largo; o acesso à Castrolanda/Socavão, em Castro; e duplicações na BR-376 (do quilômetro 394,5 ao quilômetro 403 e do quilômetro 411,3 ao quilômetro 431). Todas têm previsão para entrega até novembro deste ano.

A inauguração do viaduto contou com a presença do governador do Paraná, Ratinho Junior, do secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex (deputado federal licenciado), do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, da prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt e diretores da RodoNorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s