Dos 30 deputados do Paraná, apenas seis votaram contra a PEC dos Precatórios; confira os votos

Com o resultado, o governo conseguiu manter a espinha dorsal da PEC, que amplia o limite para as despesas no Orçamento de 2022, incluindo a mudança no cálculo do teto de gastos e o adiamento de parte das dívidas judiciais que teriam de ser quitadas no ano que vem. (Foto: Antônio Augusto/Agência Câmara)

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 9, o texto-base da PEC dos Precatórios em segundo turno por 323 votos a 172.

Dos 30 deputados da bancada do Paraná, apenas seis votaram contra a PEC dos Precatórios, defendida pelo presidente Bolsonaro. Os dois representantes da região dos Campos Gerais votaram a favor da PEC: a deputada de Castro Aline Sleutjes (PSL-PR) e o deputado de Ponta Grossa Aliel Machado (PSB-PR). 

Aline é bolsonarista declarada e o voto favorável já era esperado. O que chama atenção é o voto  favorável do deputado Aliel Machado (PSB-PR), que sempre se colocou como oposição ao governo de Bolsonaro. (veja no final do texto os votos dos deputado do Paraná)

A PEC dos Precatórios libera R$ 91,6 bilhões de espaço no Orçamento de 2022 e é essencial para tirar do papel o Auxílio Brasil de R$ 400, como quer o presidente Jair Bolsonaro. Parlamentares contrários reclamam, porém, que a folga fiscal pode acabar sendo usada para turbinar emendas de relator, empregadas na distribuição de recursos a aliados do governo.

Com o resultado, o governo conseguiu manter a espinha dorsal da PEC, que amplia o limite para as despesas no Orçamento de 2022, incluindo a mudança no cálculo do teto de gastos e o adiamento de parte das dívidas judiciais que teriam de ser quitadas no ano que vem. Os deputados vão analisar agora os destaques, requisições que podem alterar o texto da proposta.

Com a maior presença de parlamentares na Casa, o governo ampliou a vantagem obtida na votação em primeiro turno de 312 votos a 144. A mudança da posição do PDT não foi suficiente para derrotar o projeto. Nesta terça, o partido decidiu orientar a bancada a votar contra a PEC, ao contrário do que ocorreu na votação do primeiro turno.

Veja como foi a votação da bancada do Paraná

Deputados que votaram a favor da PEC dos Precatórios (sim a PEC):

Aliel Machado (PSB-PR)
Aline Sleutjes (PSL-PR)
Aroldo Martins (Republicanos-PR)
Christiane Yared (PL-PR)
Felipe Francischini (PSL-PR)
Filipe Barros (PSL-PR)
Giacobo (PL-PR)
Hermes Parcianello (MDB-PR)
Leandre (PV-PR)
Luciano Ducci (PSB-PR)
Luisa Canziani (PTB-PR)
Luiz Nishimori (PL-PR)
Luizão Goulart (Republicanos-PR)
Osmar Serraglio (PP-PR)
Paulo Eduardo Martins (PSC-PR)
Pedro Lupion (DEM-PR)
Ricardo Barros (PP-PR)
Roman (Patriota-PR)
Rossoni (PSDB-PR)
Sargento Fahur (PSD-PR)
Sergio Souza (MDB-PR)
Stephanes Junior (PSD-PR)
Toninho Wandscheer (PROS-PR)
Vermelho (PSD-PR)

Deputados do Paraná eu votaram contra a PEC dos Precatórios (não a PEC):

Diego Garcia (Podemos-PR)
Enio Verri (PT-PR)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Gustavo Fruet (PDT-PR)
Rubens Bueno (Cidadania-PR)
Zeca Dirceu (PT-PR)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s