Durante entrevista na T, Aliel lança pré-candidatura

aliel  edi 2
Durante entrevista à Rádio T FM nesta segunda-feira (6), o deputado federal Aliel Machado (Rede) lançou sua pré-candidatura à prefeitura de Ponta Grossa.

Em entrevista exclusiva à Rádio T FM nesta segunda-feira (6), o deputado federal Aliel Machado (Rede Sustentabilidade) assumiu, pela primeira vez, que é pré-candidato à prefeitura de Ponta Grossa, nas eleições de 2016. Segundo o deputado, a decisão é fruto de uma reunião partidária, que ocorreu neste final de semana.

Aliel disse que, a partir de agora, a Rede vai buscar aliados políticos para concretizar uma proposta para o município. Entre os partidos citados pelo deputado como possíveis aliados, estão PMDB, PTN, PRB, PDT. Em relação ao PMDB, o presidente do partido no Paraná, senador Roberto Requião e o deputado estadual Requião Filho já declaram apoio ao deputado Aliel Machado, durante entrevistas concedidas à Rádio T. O deputado também afirmou que possui uma boa relação com o deputado estadual Péricles Mello (PT), que já foi prefeito de Ponta Grossa. Aliel destacou como ponto fundamental para uma administração pública a “gestão com transparência”, algo, que segundo o deputado, está faltando na gestão de Marcelo Rangel (PPS).

“Nós decidimos com o nosso grupo político que agora é o momento de levarmos a discussão para fora do partido, com pessoas que pensem como nós para formamos alianças. Hoje, pela primeira vez, posso dizer que sou pré-candidato a prefeito, com a decisão do grupo da Rede. Agora vamos procurar outros grupos políticos, que pensem como nós, para que possamos definir uma proposta unificada para a cidade de Ponta Grossa”, declarou o deputado Aliel Machado.

Existem informações sobre os alguns nomes que poderão ocupar a chapa da Rede, como vice de Aliel. Entre eles estão os médicos Northon Hilgenberg e Ricardo Mussi. Mas isso ainda será discutido com os partidos que vão formar aliança com a Rede, como o PMDB, que possui dois nomes cotados também para o cargo, entre eles o presidente local , Carlos Demário e o contador Edilson Fogaça. Pelo PTN, o nome do presidente do partido, em Ponta Grossa, Elizeu Chociai, também foi cogitado. Mas parece que se depender de Aliel Machado, um dos médicos já citados, tem maior chance de ser o vice-prefeito.

Em relação aos nomes dos pré-candidatos que circulam no cenário político atual como, deputado estadual Marcio Pauliki (PDT), Marcelo Rangel (PPS), Roberto Mongruel (PDT), Julio Küller (PMB), Sérgio Gadine (Psol), Álvaro Sheffer (PV), Aliel Machado disse que alguns deles já possuem representação política e reconhecimento da população. “Todos eles tem representatividade política e merecem o respeito da população. O que precisa ser avaliado é se estes grupos podem levar a cidade ao desenvolvimento e o crescimento”.

Desgaste por ter votado contra o impeachment

Apesar das pressões e perseguições políticas, Aliel Machado disse que não se arrepende por votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). “Não me arrependo por que tudo que denunciei está se concretizando agora. Eu disse que o objetivo era paralisar a Lava Jato, agora as gravações estão mostrando que é verdade. Eu disse que era uma farsa essa história que iriam cortar gastos. Na semana passada fizeram acordos que vão aumentar os gastos. Até 2019 gastos podem chegar cinquenta bilhões, além dos cortes de direitos das pessoas mais humildes e dos trabalhadores. Continuo com a opinião de que o Brasil precisa de novas eleições. Nem Dilma, nem Temer, nem Cunha. Não sou suscetível a pressão por ter convicção do que penso”, disse.

Críticas ao governo de Marcelo Rangel

Após a entrevista, Aliel Machado conversou com a reportagem da Rádio T e falou sobre a situação da prefeitura de Ponta Grossa. Segundo o deputado, o governo enfrenta graves problemas de denúncias de corrupção, que podem não ter a participação do prefeito Marcelo Rangel, mas ocorreram durante a sua administração. “O prefeito está com parte dos bens bloqueados devido às denúncias de superfaturamento na München Fest, desviaram dinheiro do Mercado da Família e outras denúncias envolvendo funcionários fantasmas também foram registradas nesta gestão. Por isso eu digo que uma gestão precisa ter transparência absoluta”, apontou Aliel Machado.

Ouça a entrevista em que Aliel Machado assume que pretende concorrer ao cargo de prefeito:

Anúncios

Um comentário

  1. Pode ter apoio do Péricles, não da militância do PT. O deputado que vá sozinho nessa aventura. Queremos um candidato dos trabalhadores, que venha das lutas de nosso partido. Não um alpinista político. Fora Aliel, Pauliki, Rangel.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s