“Secretário da Fazenda assumiu que Richa quebrou o Paraná”, disse Requião Filho

requi 3
Discurso do deputado Requião Filho (PMDB de que é preciso conhecer os reais números do Paraná ocorreu após a entrevista do secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa na rádio T, no último sábado (4). (Foto: Pedro Oliveira/Alep)

O deputado Requião Filho (PMDB) declarou nesta segunda-feira (6) que é necessário debater a verdadeira situação financeira do Paraná.  O deputado citou a entrevista exclusiva feita pela Rádio T FM, no último sábado (4), com o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa. Durante a entrevista, o secretário assumiu que o Paraná já estava quebrado financeiramente no final do primeiro mandato de Beto Richa (PSDB), em 2014 e que por isso foi necessário o ajuste fiscal.  (https://marelimartins.com.br/2016/06/06/secretario-da-fazenda-assume-que-o-parana-quebrou-durante-o-primeiro-mandato-de-richa/)

Para o deputado Requião Filho o governo precisa ser mais transparente em relação aos números que tem apresentado. “Teremos que discutir, em breve, a real situação financeira do Paraná e os propósitos do governo.  O secretário Mauro Ricardo Costa, em entrevista à Rádio T, neste sábado, deixou escapar e deixou bem claro que o estado estava quebrado já no final do primeiro mandato de Richa”, disse o deputado.

Segundo Requião Filho as desculpas de Mauro Ricardo de que Beto Richa não sabia que o estado estava complicado financeiramente não convenceram. “O secretário disse que talvez o governador não soubesse que o Paraná estava quebrado e que os assessores tinham medo de contar a verdade. Mas esse trabalho não é de assessor e sim do governador que foi eleito para governar e administrar o estado e não para esperar que as teclas passem informações”, declarou.

O deputado acredita que o governo precisa revelar os verdadeiros números, pois pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença em investimentos para a população paranaense. “Um por cento a mais ou um por cento a menos pode ser a diferença para a construção de dois hospitais regionais no Paraná, por exemplo. Precisamos passar o Paraná a limpo, pois não é de propaganda e de números”, concluiu o deputado.

Em entrevista exclusiva à Rádio T neste sábado (4), o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, afirmou que o governador, na verdade, não tinha o conhecimento da real situação das finanças do estado, por que omitiram informações.

“As pessoas não tinham coragem de dizer ao governador a real situação do estado. O estado já estava em situação muito difícil, por conta do crescimento de despesa, que era maior que o crescimento da receita. Isso foi se acumulando ao longo do exercício, até que em 2014, o Paraná estava com dívidas muito grandes em relação a fornecedores e com o pagamento do pessoal”, afirmou o secretário da Fazenda.

De acordo com o secretário, logo que ele assumiu a pasta da Fazenda, comunicou o governador Beto Richa, de que algumas medidas precisariam ser tomadas. “Eu mostrei ao governador a verdadeira situação das finanças do estado. Ele me deu total apoio para as medidas pudessem ser tomadas. Nós recuperamos a capacidade de investimento e conseguimos pagar dívidas com fornecedores”, disse Mauro Ricardo Costa.

Ouça o discurso do deputado Requião Filho desta segunda-feira (6):

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s