Impunidade: MP dá parecer favorável para que Carli Filho cumpra pena com tornozeleira eletrônica

carli-filho-se-entrega
Com aprovação do MP, Carli Filho vai para casa com tornozeleira. 

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) deu parecer favorável para que o ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho cumpra pena com o uso de tornozeleira eletrônica. No documento, a Promotoria de Justiça cita que não há vagas disponíveis no sistema semiaberto e, por isso, concorda que o ex-deputado seja monitorado por tornozeleira eletrônica.

O MP-PR sugere ainda que Carli Filho deva residir obrigatoriamente em local onde exista sinal de celular, para que o monitoramento seja feito. O ex-deputado deve ainda fazer cursos, além de se apresentar mensalmente à Justiça, segundo o documento.
O parecer considerou ainda o fato de que o ex-deputado não possui outros antecedentes criminais.

O ex-deputado foi condenado a 7 anos, 4 meses e 20 dias de prisão em regime semiaberto, por júri popular em fevereiro de 2018, pelo crime de duplo homicídio com dolo eventual pelas mortes de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida em um acidente de trânsito. O acidente ocorreu em 2009, Carli Filho estava embriagado na ocasião e dirigia em alta velocidade – algo entre 161 e 173 km/h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s