Pré-candidato do PT à prefeitura de Ponta Grossa diz que partido busca união com PCdoB e PSOL

edosn 2
Eleições 2020: Professor Edson Silva (PT) é pré-candidato à prefeitura de Ponta Grossa. (foto: Mareli Martins)

Em entrevista à Rádio T e ao Blog da Mareli Martins nesta quarta-feira (22), o pré-candidato à prefeitura de Ponta Grossa, o professor universitário Edson Armando Silva, disse que o ideal seria uma união entre alguns partidos por uma ‘frente de esquerda’.

O professor citou o PCdoB e o Psol, que hoje trabalham com possibilidade de candidatura própria. “As conversas ainda não estão fechadas. Nós acreditamos que é possível a união de alguns partidos conosco para a majoritária”, disse Edson Silva.

Vale dizer que as direções partidárias confirmaram as pré-candidaturas do professor e jornalista Sérgio Gadini (PSOL) e Elton Barz, presidente estadual do PCdoB, para concorrer à Prefeitura de PG.

Além de PCdoB e Psol, outros partidos como Rede Sustentabilidade e PDT podem fazer parte da aliança de esquerda nas eleições em Ponta Grossa.

Questionado se terá mais dificuldades na eleição por estar no PT, o professor Edson Silva afirmou que esse é o principal desafio. “Justamente por isso que temos que participar da discussão, o PT tem um modelo de sociedade, que implica uma política economica nacional, que inclui compatibilizar desenvolvimento economico, distribuição de renda e cuidar das pessoas”, afirmou.

Professor defende união de universidades para desenvolvimento de pesquisas

“A prefeitura não deve só ter dinheiro para obras, ela tem que induzir, precisa pensar. Temos capacidade de pesquisa sendo um centro universitário. É preciso reunir as instituições de ensino superior para que possamos trabalhar com pesquisas que influenciam no desenvolvimento da cidade”, destacou o pré-canditado Edson Silva.

Ouça a entrevista completa:

Presidente do PSOL diz que a união será entre os que são contra Bolsonaro e Ratinho Jr

Em conversa com o Blog da Mareli Martins, o presidente do PSOL em Ponta Grossa, João Luiz Stefaniak, disse o objetivo é unir os partidos que são oposição aos governos estadual e federal.

“Seguindo a orientação nacional temos uma posição clara de buscar unir uma aliança ampla com aqueles que são oposição ao Bolsonaro e ao Ratinho Jr no Paraná. Temos uma conversa adiantada com o PCdoB e o PT, buscando essa aliança em Ponta Grossa”, declarou Stefaniak.

Ele também destacou a pré-candidatura do professor universitário Gadini: “ele já concorreu na eleição passada e esperamos avançar na aliança que vem com um plano alternativo para Ponta Grossa”, disse.
Ouça:

Presidente do PCdoB diz que “o ideal é unir os partidos de esquerda”

O presidente do PCdoB e pré-candidato à prefeitura de Ponta Grossa, Elton Barz, disse que as covnersas estão adiantas para união dos partidos de esquerda e destacou que outros partidos como Rede e PDT podem integrar essa aliança também:

“Nós temos como horizonte construção da frente de esquerda e estamos trabalhando nisso. A minha candidatura está colocada porque precisamos de debater. Além dos partidos que falamos, poderemos unir também o que sobrar da Rede e o PDT”, afirmou.

Ouça:

Um comentário

  1. Gostei muito da reportagem com o pré candidato do PT à prefeitura de Ponta Grossa. Sua fala é coerente e demonstra conhecimento quanto aos aspectos econômicos, sociais, educacionais é ambientais. Acredito que Ponta Grossa só tem a ganhar caso eleito for.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s