Câmara de Castro rejeita título de Cidadã Benemérita para deputada Aline Sleutjes

aline

Vereadores contrários ao título, disseram que “a deputada federal Aline Sleutjes ainda demonstrou trabalho que justifique a homenagem”. (foto: divulgação)

Com sete votos contrários e seis favoráveis, a Câmara de Vereadores de Castro rejeitou e arquivou o projeto que tinha como objetivo conceder o título de Cidadã Benemérita de Castro para a deputada federal Aline Sleutjes (PSL). A proposta é de autoria da vereadora Fatima Castro (MDB). A votação aconteceu na sessão de segunda-feira (11).

A deputado é natural de Castro e foi eleita deputada federal em 2018, na onda Bolsonaro, com 33.628 votos totalizados (0,59% dos votos válidos.

O título de Cidadão Benemérito é aquele digno de honras, que merece recompensas e aplausos por serviços importantes ou por procedimentos notáveis prestados à sociedade.

O vereador Maurício Kusdra (PSB) foi um dos vereadores que votou contra a homenagem para a deputada e destacou que ela ainda não é merecedora da homenagem.

“Não é o momento de homenagem ainda para a deputada Aline. Ela ter sido eleita é importante, mas o que mais importa é o trabalho realizado. Estou preocupado com as ações da deputada, recentemente ela participou de ações antidemocráticas, fechamento do STF e do Congresso, se concordamos com isso estamos indo contra o nosso trabalho. Podemos futuramente dar essa homenagem a ela, mas ainda não é o momento”, disse o vereador Maurício Kusdra.

O vereador afirmou também que Aline Sleutjes ainda não mostrou um trabalho que mereça essa homenagem. “O fato dela ser eleita deputada é relevante, mas o que importa é o trabalho dela e eu não estou feliz com o trabalho dela. Aline mostra um apoio cego ao governo federal, que tem muitos escândalos e a deputada está passando o pano, defendendo atitudes erradas do governo federal”, concluiu o vereador Maurício Kusdra.

O vereador José Otavio Nocera (Patriota), que também votou contrário ao título para a deputada, afirmou que tudo que ela vem prometendo para Castro, ainda não aconteceu na prática. “Ela inda não merece, pois tudo que ela mostrou ainda não chegou. As emendas todos falam, mas nada chegou ainda. Porém, não tenho nada contra ela”, afirmou José Nocera.

Favoráveis não se manifestaram

Durante a sessão, os vereadores favoráveis ao título para Aline, não se manisfestaram.

A deputada Aline Sleutjes ainda não se manifestou sobre a situação.

A votação:

Os votos contrários foram dos vereadores Maurício Kusdra (PSB), primeiro-secretário, Dirceu Ribeiro (Podemos), Gerson Sutil (PSC), Joel Elias Fadel (Patriota), José Otavio Nocera (Patriota), Jovenil Rodrigues de Freitas (Podemos) e Neto Fadel (Patriota).

Os favoráveis, de Fatima Castro (que, neste caso, mesmo sendo presidente, também votou, conforme o artigo 161, inciso I, do Regimento Interno da Câmara), Herculano da Silva (DEM), vice-presidente, Rafael Rabbers (PTC), segundo-secretário, Antonio Sirlei Alves da Silva (DEM), Luiz Cezar Canha Ferreira (DEM) e Paulinho de Farias (PSD).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s