Ratinho Jr deve apoiar Bolsonaro no congelamento salarial dos servidores até o fim de 2021

bolsonaro e ratinho

No Paraná a tendência é de congelamento do salário dos servidores públicos. (Rodrigo Felix Leal/ANPr)

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), participou de um reunião nesta quinta-feira (21), com outros governadores, o presidente Jair Bolsonaro ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AM). A reunião foi por videoconferência.

Na ocasião, Bolsonaro pediu apoio dos governadores para que o salário dos servidores públicos seja congelado até o fim de 2021, alegando como motivo a pandemia do coronavírus.

A tendência é que Ratinho Junior seja um dos governadores que vai apoiar Bolsonaro nesta medida. Para os servidores do Paraná o congelamento de salários não é nenhuma novidade, pois isso acontece antes da existência do coronavírus.

No Paraná, por exemplo, em outubro de 2017, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei do governo de Beto Richa (PSDB), que congelou até 2019 o salário dos funcionários públicos.

Naquela votação, dois deputados de Ponta Grossa votaram a favor do congelamento, Plauto Miró (DEM), que segue como deputado e Marcio Pauliki (SD), que concorreu ao cargo de deputado federal em 2018, mas não se elegeu.  E apenas Péricles de Mello (PT) votou contrário (ele não se reelegeu). Ratinho Junior era deputado estadual, fazia parte da bancada de apoio de Beto Richa, mas fugiu da votação. Não compareceu.

Durante a campanha eleitoral em entrevista ao Blog da Mareli Martins, Ratinho Jr, disse que evitou polêmica por se tratar de ano eleitoral. “Não fugi da votação, mas por ser ano eleitoral o meu voto seria usado de forma política, por isso não votei”, disse Ratinho Jr ao Blog da Mareli Martins.

Ainda em campanha ele dizia “que iria valorizar os servidores públicos”, mas depois que entrou fez o contrário. A data-base que tem defasagem desde 2016 segue em atraso. O pagamento da reposição salarial de 2019 foi parcelado até 2022.

E recentemente o governador Ratinho Jr aprovou a “lei das terceirizações”, que permite que atividades que eram executadas por servidores públicos, sejam executadas pela iniciativa privada. Essa lei foi aprovada às pressas, durante a pandemia do coronavírus. Sendo assim, congelamento de salário de servidor não é novidade no Paraná.

Não podemos esquecer também que a reforma da Previdência foi aprovada no Paraná por meio de um “tratoraço”. Dessa forma, mesmo que Ratinho Jr evite falar no assunto, já sabemos qual é a linha que ele vai seguir.

A questão é que deveriam mexer em todos os salários, de políticos, assessores comissionados dos políticos, secretários, todos os cargos dos políticos e judiciário.

No caso do Paraná, Ratinho Jr poderia cortar as altas verbas de publicidade que tem mandado para que os veículos de comunicação não façam críticas ao seu governo! Certamente isso reduziria gastos e esse dinheiro poderia ser aplicado em medidas de combate ao coronavírus.

O duro é que nós não temos apenas que enfrentar o coronavírus, mas também temos que lutar contra o “políticovírus”.  E contra esse tipo de vírus altamente perigoso, oremos!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s