Polícia cumpre mandados no Paraná em investigação sobre desvios de verbas da saúde

Segundo a Polícia Civil, a investigação aponta que uma associação criminosa desviou milhões de reais por meio de contratos de gestão na área da saúde de organizações sociais com vários municípios de São Paulo.(Foto: Divulgação/Polícia Civil do Paraná)

A Polícia Civil do Paraná cumpriu na manhã desta terça-feira (29), 24 ordens judiciais em Curitiba, na região metropolitana e Londrina, no norte do Paraná. São nove mandados de prisão e 15 de busca e apreensão. A operação chamada de “Raio-X” aponta  desvios de verbas destinadas à saúde.

A operação faz parte da investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco-SP) e cumpre, no país, quase 300 ordens judiciais.

Segundo a Polícia Civil, a investigação aponta que uma associação criminosa desviou milhões de reais por meio de contratos de gestão na área da saúde de organizações sociais com vários municípios de São Paulo.

O esquema, segundo as investigações, envolvem agentes públicos de várias cidades, empresários e profissionais liberais. As investigações foram feitas ao longo de dois anos.

De acordo com o delegado Alan Flore, da Divisão Estadual de Combate à Corrupção, três dos mandados foram cumpridos em Londrina, com duas prisões e uma ordem de busca cumprida na região.

“São investigadas fraudes e superfaturamento em contratos de municípios do interior paulista e organizações sociais da área da saúde, e temos alvos aqui no Paraná”, afirmou o delegado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s