Richa se compromete em trazer mais leitos de UTI Pediátrica para PG

imagem: Arnaldo Alves / ANPR “Se houver interesse do município em pleitear estes leitos, sem dúvidas, daremos o suporte necessário
imagem: Arnaldo Alves / ANPR
“Se houver interesse do município em pleitear estes leitos, sem dúvida, daremos o suporte necessário”, afirmou o governador.

O governador Beto Richa (PSDB) esteve em Ponta Grossa, nesta terça-feira (14), quando participou da entrega das 200 casas do Residencial Esplendor, trabalho que teve a parceria dos governos Federal, Estadual e Municipal. Na ocasião, o governador, foi questionado pelo Blog da Mareli Martins e pela Rádio T FM, sobre a falta de leitos de UTI Pediátrica no município.

Segundo o governador Beto Richa, através da parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Ponta Grossa, é possível buscar soluções. “Acredito que com a união que temos com o município, podemos trabalhar para acabar com esta dificuldade enfrentada aqui. Vamos buscar soluções para que a população de Ponta Grossa e da região dos Campos Gerais, seja bem atendida”, disse.

Segundo a 3ª Regional de Saúde, o município conta com três leitos de UTI Pediátrica que estão no Hospital Universitário dos Campos Gerais. No entanto, a cidade não dispõe de leitos de UTI Pediátrica de Alta Complexidade. “Se houver interesse do município em pleitear estes leitos, sem dúvida, daremos o suporte necessário. O maior problema para investimentos em UTI, não são os equipamentos, mas a contratação de profissionais especialistas. Esta é uma dificuldade enfrentada no Brasil inteiro”, afirmou o governador.

Richa destacou também que quando iniciou o seu mandato em 2011, o Hospital Regional, que hoje é Hospital Universitário dos Campos Gerais, tinha uma estrutura precária. “Quando iniciamos, este hospital mal funcionava, não tinha médicos, não contava com leitos suficientes e apresentava sérios problemas estruturais. E nós começamos a investir e temos feito investimentos constantes no Hospital Universitário. Reconheço que temos dificuldades pela falta de médicos especialistas, mas estamos trabalhando para que sejam contratados mais médicos, nas diversas especialidades”, concluiu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s