Pauliki rebate críticas de Sandro Alex

Marcio-Pauliki-170216-2
“O país precisa de discussões sérias, de união e não de jogadas de marketing e falas raivosas e descontroladas”, disse Pauliki. (Imagem: Alep)

Nesta terça-feira (8), o deputado estadual Marcio Pauliki (PDT) rebateu as críticas feitas pelo deputado federal Sandro Alex (PPS), na segunda-feira (7), durante a entrevista concedida à Rádio T. Pauliki destacou o trabalho que desenvolve na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e mencionou que “herdou de família a determinação e o trabalho”. O deputado afirmou que em seu primeiro ano de mandato “conquistou R$ 7,8 milhões em emendas que serão destinadas para Ponta Grossa e região”.

O deputado também disse que o país precisa de “discussões sérias, de união e não de jogadas de marketing e falas raivosas e descontroladas”. Pauliki não deixou barato a afirmação de Sandro Alex, de que ele “teria recebido recursos da Lava Jato, oriundos ou vindos de pessoas envolvidas no processo”. “Nunca recebi nenhum centavo de empresa alguma, apenas de minha família e de pessoas que querem o bem da cidade, tudo isso está no portal da transparência. Esse ataque não se sustenta. Se fosse assim, o partido do deputado Sandro Alex estaria errado em aceitar também legalmente os recursos da empreiteira Odebrecht, como consta na prestação de contas do partido”, rebateu. A Odebrecht faz parte das empresas investigadas na Operação Lava Jato, pelos desvios de recursos da Petrobrás, ou o famoso “Petrolão”, como disse o deputado Sandro Alex.

Ouça a resposta do deputado Marcio Pauliki:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s