Greca e Fruet trocam ofensas em Curitiba

greca-e-fruet
“Fruet está tendo um triste fim”, diz Greca. Fruet rebateu dizendo que a “gestão de Greca “vai começar triste e melancólica”.

O recesso de fim de ano decretado pelo prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), causou uma troca de ofensas entre ele e o seu sucessor, Rafael Greca (PMN). Greca assume a prefeitura a partir de janeiro de 2017.

Fruet decretou recesso nas repartições públicas nos dias 28, 29 e 30 de dezembro, alegando que nesses dias ocorre uma redução do público que costuma buscar atendimento em órgãos municipais.

O prefeito também usou a justificativa de que outros locais públicos não vão trabalhar nestes dias, como o Governo do Estado,o Judiciário e o Tribunal de Contas.

O decreto de Fruet foi motivo para críticas de Rafael Greca. “Isso mostra o descaso da gestão de Fruet. Esses três dias de recesso somados aos outros dados do final do mês de outubro, antes do segundo turno da eleição, revelam o descaso da gestão do prefeito Gustavo Fruet com a cidade e a população. É um triste fim”, declarou Greca.

E o prefeito Gustavo Fruet fez questão de responder às críticas recebidas. “A expectativa é que o futuro prefeito cancele todos os feriados nos próximos quatro anos, como fez com a Oficina de Música. Início triste e melancólico de uma gestão que já se justifica pelo que não vai fazer”, disse Fruet.

(Com informações do Bem Paraná)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s