VCG afirma que CPI do Transporte é repetitiva

transporte
Tarifa do transporte de Ponta Grossa pode subir de R$ 3,20 para R$ 3,76. (foto: José Tramontin/Periódico)

A Viação Campos Gerais (VCG) declarou, em nota, que outras CPIs sobre o transporte coletivo já foram instauradas na Câmara dos Vereadores de Ponta Grossa e que os assuntos são repetitivos e  já foram esgotados.

Veja a nota da Viação Campos Gerais

 A VCG entende que o papel do legislativo está justamente na fiscalização. No entanto, essa CPI não será a primeira da qual o transporte coletivo é tema. Há menos de três anos, outra Comissão Parlamentar de Inquérito fora instituída para analisar questões referentes ao transporte público.

Vale lembrar, que na ocasião não foi apontado nenhum tópico que desabone os serviços prestados pela concessionária, conforme parâmetros estabelecidos no contrato e balizados pela lei 7018.

À empresa, causa estranheza a frequência com que transporte coletivo é abordado em inquéritos propostos por membros da câmara municipal, haja vista que CPIs passadas não colocaram em cheque a legitimidade dos serviços desenvolvidos no município.  A VCG considera o assunto em pauta repetitivo e esgotado por outras comissões.

Reajuste da tarifa

Sobre o novo valor da tarifa, a assessoria de imprensa da VCG informou que “por ser tratar de um assunto que já está sendo tratado de forma técnica pelo Conselho Municipal de Transporte, a empresa prefere não comentar o assunto, para não gerar mais polêmica sobre o tema”.

Valor será discutido nesta terça

Nesta terça-feira (21), representantes do Conselho Municipal de Transporte (CMT), da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) e da empresa vão se reunir novamente para discutir o novo valor da tarifa, que pode passar de R$ 3,20 para R$ 3,76, representando um aumento de 17,5%, segundo o CMT. Mas os vereadores querem barrar o aumento por meio da CPI do Transporte Público.

Membros da CPI do Transporte na Câmara de PG

Fazem parte da CPI os vereadores George Luiz de Oliveira (PMN), Daniel Milla (PV), Geraldo Stocco (Rede Sustentabilidade), Felipe Passos (PSDB) e Mingo Menezes (DEM).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s